Notícias

Banca de DEFESA: MAYARA SABRINA LUZ MIRANDA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAYARA SABRINA LUZ MIRANDA
DATA: 12/12/2024
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Núcleo de Medicina Tropical
TÍTULO:

ANÁLISE DA EXPRESSÃO GÊNICA DOS FATORES DE TRANSCRIÇÃO T-BET, GATA-3, RORγt E FOXP3 RELACIONADOS À RESPOSTA IMUNOLÓGICA EM PACIENTES COM HEPATITE C.


PALAVRAS-CHAVES:

hepatite C crônica; fatores de transcrição; citocinas; cirrose hepática; expressão gênica.


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

A infecção pelo vírus da hepatite C (HCV) representa um grave problema de saúde pública, afetando aproximadamente 2 a 3% da população global. A forma crônica da doença é desenvolvida por mais de 80% dos pacientes infectados, com 20% desses casos progredindo para cirrose hepática e carcinoma hepatocelular (CHC). As lesões hepáticas associadas à hepatite C são resultado da resposta imunológica do organismo, não diretamente causadas pelo vírus. O objetivo deste estudo foi avaliar a expressão gênica dos fatores de transcrição (FT e citocinas das respostas imunológicas Th1, Th2 e Treg em pacientes com hepatite C crônica nos diferentes graus de fibrose hepática. Os participantes foram recrutados no ambulatório do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará (UFPA). Foram coletadas amostras sanguíneas e dados clínicos de 81 pacientes, e as células linfomononucleares foram separadas utilizando o método do Ficoll. O RNA total foi extraído dessas células por meio do método do Trizol, e o cDNA foi sintetizado usando o kit SuperScript III (Invitrogen). A análise dos genes constitutivos β-actina e GAPDH, juntamente com os genes selecionados, foi conduzida no equipamento StepOneTM Real-time PCR System (Applied Biosystems), utilizando o kit GoTaq qPCR (Promega). A expressão gênica (EG) foi calculada pelo método 2-CT (CT=CTgene-CTconstitutivo). Dos 81 pacientes, 36 eram mulheres e 45 homens. Dentre os FTs e citocinas pesquisados GATA-3 e TNF-α apresentaram maior expressão, respectivamente. Os genótipos 1a, 1b e 3 foram mais prevalentes e, novamente houve maior expressão de GATA-3 e TNF-α. Na associação com os dados clínicos encontrou-se associação entre a diminuição de plaquetas e expressão elevada de TNF-α, expressão aumentada de FOXP3 em mulheres com taxas normais de TGO e maior expressão de IL-4 em mulheres com taxas normais de TGP. Encontrou-se correlação positiva em GATA-3 x T-BET, T-BET x FOXP3. Nas citocinas, houve correlação positiva entre IFN- x TNF-α, TNF-α x IL-10. Na correlação dos FTs com suas respectivas citocinas encontrou correlação positiva entre T-BET x TNF-α. Por fim, ao separarmos por estágio de fibrose, achou-se correlação entre T-BET x FOXP3 no estágio F3-F4. Por se tratar de uma infecção crônica, os dados deste estudo nos permitem inferir que há exaustão da resposta Th1 e aumento da Th2 e, nos casos mais avançados da doença há um aumento da resposta Treg.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1372428 - ESTHER IRIS CHRISTINA FREIFRAU VON LEDEBUR
Presidente - 1556359 - HELLEN THAIS FUZII
Interno - 1152809 - JOSE LUIZ FERNANDES VIEIRA
Interno - 2522294 - LUISA CARICIO MARTINS
Externo ao Programa - 1905722 - VANIA CRISTINA RIBEIRO BRILHANTE
Notícia cadastrada em: 08/03/2024 11:10
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba2