Notícias

Banca de DEFESA: SILVANA ALVES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SILVANA ALVES DA SILVA
DATA: 31/03/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA FORMAÇÃO PROFISSONAL DE ASSISTENTES SOCIAIS EM BELÉM(PA): estudo da interferência das transformações no mundo do trabalho


PALAVRAS-CHAVES:

Serviço Social; Formação Profissional; Estagio Supervisionado; Transformações no mundo do trabalho.


PÁGINAS: 154
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

A presente dissertação justifica-se pela necessidade de que o tema estágio supervisionado em Serviço Social deve se transformar em debate acadêmico constante, como elemento constituinte e constitutivo do processo de formação profissional. Tem como objeto de pesquisa o estágio supervisionado na formação profissional de assistentes sociais em Belém do Pará em face às transformações do mundo do trabalho. Traz a discussão sobre como as condições de trabalho do/a supervisor/a acadêmico/a e de campo implicam no processo de supervisão de estágio, acentuando o debate sobre os desafios encontrados neste momento da formação, que são colocados recentemente e em conjunto com as transformações no mundo do trabalho, que impactam diretamente no trabalho do/a assistente social, seja como supervisor/a acadêmico/a ou supervisor/a de campo. Têm como objetivo analisar o processo de supervisão de estágio em Serviço Social, em diferentes instituições e modalidades de ensino (pública presencial, privada presencial e à distância) em Belém do Pará, em face das condições de trabalho do/a supervisor/a acadêmico/a e de campo considerada as transformações no mundo do trabalho. Busca perceber o movimento do objeto de estudo numa perspectiva crítico-dialética de inspiração marxiana, que parte da posição de que a natureza relacional e dinâmica do ser social não é percebida em sua imediaticidade. Para alcançar os objetivos propostos realizou-se pesquisa bibliográfica, bem como, pesquisa de campo, baseada na técnica entrevista (semiestruturada) que contou com sujeitos escolhidos de forma intencional por estarem inseridos no processo de estágio supervisionado em instituições públicas presenciais, privadas presencias e à distância de Belém do Pará: supervisor/a acadêmico/a e de campo e discente-estagiário/a. Os dados analisados evidenciaram que embora os/as supervisores/as acadêmicos/as e de campo e os discentes-estagiários/as vivenciem realidades diferentes, inseridos em instituições distintas, sofrem, da mesma forma, cotidianamente, os rebatimentos das transformações ocasionadas pela reestruturação produtiva. Sendo desafiador desenvolver o processo de supervisão de estágio da forma como é defendida pelas entidades da categoria via documentos normativos sobre estágio supervisionado em Serviço Social. Importa mencionar a relevância desse debate na defesa de uma formação profissional de qualidade com viés crítico, haja vista considerar a contrarreforma do Estado e seus impactos na Política de Educação Superior que contribuem para trazer novas configurações para a formação profissional, bem como novos rebatimentos no processo de supervisão de estágio. Sendo necessário a incorporação por parte dos atores envolvidos nesse processo da luta pela garantia de um estágio e supervisão de qualidade, considerada a conjuntura de privatização das políticas públicas, e de precarização do trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CIRLENE APARECIDA HILÁRIO DA SILVA OLIVEIRA
Presidente - 1876580 - REINALDO NOBRE PONTES
Interno - 2185200 - VERA LUCIA BATISTA GOMES
Notícia cadastrada em: 30/03/2021 15:08
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba1