Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MERIZE DE JESUS DA SILVA AMERICO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MERIZE DE JESUS DA SILVA AMERICO
DATA: 12/06/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala KP12
TÍTULO:

TRABALHO INFANTIL E REPRODUÇÃO SOCIAL DE FAMÍLIAS RIBEIRINHAS: estudo das  particularidades e contradições nos rios do Marajó/Pa


PALAVRAS-CHAVES:

Trabalho infantil, Reprodução Social, Famílias ribeirinhas,  Arquipélago do Marajó.


PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

O projeto de pesquisa em questão tem como objeto de estudo, o trabalho infantil e reprodução social de famílias ribeirinhas: estudo das particularidades e contradições nos rios do marajó/Pa. Discute sobre o fato de crianças e  adolescentes filhas(os) de famílias ribeirinhas terem que enfrentar o dilema de subirem todos os dias em embarcações para trabalharem colocando a vida em risco. O  cenário onde tal fato acontece é o Rio Tajapurú, no município de Breves, no arquipélago do Marajó. Nesse rio as crianças e os adolescentes estão sozinhos, submetidos ao sofrimento físico, lutam com a maré e os barcos em alta velocidade, em meio ao sol ou a chuva, fortes ventanias, não há proteção no eixo do motor. Fatores esses que põem em risco a saúde física e mental dos meninos e das meninas que ali estão todos os dias, configurando assim em uma das piores formas de trabalho infantil.  E em que pese a legislação protetora da infância e da adolescência dar muita ênfase à proibição do trabalho infantil, a realidade das ações voltadas para o seu enfrentamento não promove subsídios necessários capazes de coibir essa expressão da “questão social naquele território. É uma realidade que já se arrasta por décadas. E ainda que já tenha havido algumas ações empreendidas (por parte da igreja católica, delegacia de polícia, secretaria de assistência) a situação cada vez mais se complexifica. Consequência direta do abandono secular da região, da pobreza extrema, da ausência de garantia (Políticas públicas) e efetivação de direitos sociais, econômicos, culturais, políticos e civis que afetam diretamente a população em situação de vulnerabilidade social. Diante dessa situação o objetivo do projeto é analisar o processo de Reprodução Social de famílias ribeirinhas e do que inclui trabalho infantil de crianças e adolescentes em face do sistema público/privado socioprotetivo no sistema socio fluvial de Breves no arquipélago do Marajó/Pa. A teoria social que fundamentará este projeto é a teoria social de Karl Marx, tendo como método, o materialismo histórico e dialético. Para o alcance dos objetivos a pesquisa será feita de várias etapas. Sendo pesquisa bibliográfica, documental, de campo, sistematização de dados, interpretação de dados, elaboração do relatório da tese,  defesa, socialização dos resultados com a comunidade cientifica e local.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1805399 - AGENOR SARRAF PACHECO
Externo ao Programa - 1152666 - LILIA IEDA CHAVES CAVALCANTE
Presidente - 1876580 - REINALDO NOBRE PONTES
Interno - 2185200 - VERA LUCIA BATISTA GOMES
Externo à Instituição - YOLANDA APARECIDA DEMETRIO GUERRA
Notícia cadastrada em: 10/06/2019 14:07
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1