Notícias

Banca de DEFESA: EDEVALDO DA LUZ AZEVEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDEVALDO DA LUZ AZEVEDO
DATA: 04/07/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Sala KP12-PPGSS/ICSA/UFPA
TÍTULO:

 

A INTERVENÇÃO PROFISSIONAL DO/A ASSISTENTE SOCIAL NAS DEMANDAS SOCIOJURÍDICAS DA COMARCA DE MARABÁ-PA



PALAVRAS-CHAVES:

Serviço Social, Poder Judiciário, Intervenção Profissional, Campo Sociojurídico.


PÁGINAS: 182
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

 

Esta dissertação se apresenta como fruto de um trabalho investigativo de teor acadêmico-científico voltado explicitar o desenvolvimento do processo de intervenção técnica dos/as assistentes sociais do Poder Judiciário paraense no trato das demandas sociojurídicas, com o objetivo de analisar as dimensões ético-políticas e técnico-operativas do exercício profissional em Serviço Social e suas determinações históricas e sócio-políticas, enquanto profissão inserida no campo sociojurídico, em especial no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, a partir de sua operacionalização na Comarca de Marabá-PA. Trata-se de um trabalho concernente à pesquisa qualitativa, cuja metodologia buscou como parâmetro a assimilação do método crítico-dialético na observância das categorias relativas às demandas sociojurídicas, prática profissional, instrumental técnico, condições de trabalho e relacionamento interprofissional, cujos dados e informações emergiram durante a efetivação da pesquisa de campo e no processo de sistematização dos resultados obtidos, a partir das verbalizações dos sujeitos mediante a realização de entrevistas às assistentes sociais e juízes da referida comarca, em que se demonstrou a relevância do exercício profissional em Serviço Social no trato das demandas sociojurídicas nesse mencionado espaço sócio-ocupacional. A elaboração deste conteúdo científico-acadêmico pautou-se na referência a autores e pensadores críticos que embasassem os tópicos elencados acerca do Estado, do Poder Judiciário, dos direitos de cidadania, da judicialização das políticas sociais e das expressões da ‘questão social’, cujas construções teóricas fundamentam a compreensão e interpretação da prática profissional em Serviço Social no âmbito do campo sociojurídico, inserida especialmente no Poder Judiciário, contribuindo para asseverar seu papel enquanto profissão inserida na divisão sócio-técnica do trabalho e que atua no contexto da reprodução das relações sociais na sociedade capitalista.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1876580 - REINALDO NOBRE PONTES
Interno - 2767692 - ROSELENE DE SOUZA PORTELA
Externo à Instituição - SILVIA ALAPANIAN
Notícia cadastrada em: 28/06/2018 15:11
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba2