Notícias

Banca de DEFESA: SEVERINO DA SILVA MARTINS JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SEVERINO DA SILVA MARTINS JUNIOR
DATA: 06/09/2017
HORA: 16:00
LOCAL: Auditório do Instituto de Ciências Socias Aplicadas
TÍTULO:

A GESTÃO DO SUAS EM MUNICIPIOS DE PEQUENO PORTE NO PARÁ: estudos de cultura política


PALAVRAS-CHAVES:

Democracia, Cultura Política, Assistência Social, Cidadania.


PÁGINAS: 205
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Fundamentos do Serviço Social
RESUMO:

Este trabalho de dissertação de mestrado tem como título: A Gestão do SUAS em Municípios de Pequeno Porte no Pará: estudos de cultura política, é uma pesquisa de natureza qualitativa, onde os procedimentos metodológicos utilizados foram: pesquisa bibliográfica e documental, entrevistas grupos focais, entrevista semi-estruturada, observação participante e análise de conteúdo. O universo empírico dessa pesquisa, perpassou o contato direto com quatro segmentos de sujeitos no contexto do SUAS distintamente identificados, são eles: Gestoras; Conselheiros; Técnicos e Usuários da Política de Assistência Social dos municípios de Salinópolis – PA e Inhangapi – PA, ambos municípios escolhidos para fazerem parte da Pesquisa Nacional “ESTUDO AVALIATIVO DA IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO BRASIL”. Por meio da referida pesquisa, buscamos compreender a Cultura Política implícita no processo de gestão em municípios de pequeno porte, e de que forma, após quase duas décadas de implantação do SUAS, compreensões, posturas, e práticas na operacionalização da política de assistência social, ainda refletem princípios não-democráticos, de uma cultura política não-cidadã. A realidade da pesquisa encarregou-se apontar padrões de uma cultura política antidemocrática e não cidadã, cujas marcas dominantes se expressam por meio de práticas clientelistas, paternalistas, assistencialistas e de servilidade da pobreza, principalmente no município onde “primeiro-damismo”, exercendo a dominação de forma velada, convalida a ordem política, materializando a não-política, sob a “pseudo” caricatura de benesse do Estado.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALBA MARIA PINHO DE CARVALHO
Interno - 1152642 - MARIA ANTONIA CARDOSO NASCIMENTO
Presidente - 1876580 - REINALDO NOBRE PONTES
Notícia cadastrada em: 05/09/2017 16:17
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1