News

Banca de DEFESA: VERGILIANA DOS SANTOS CORREA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VERGILIANA DOS SANTOS CORREA
DATA: 29/12/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Campus de Cametá -
TÍTULO:

EDUCAÇÃO DO CAMPO: UM ESTUDO DA POLÍTICA DE NUCLEAÇÃO E FECHAMENTO DAS ESCOLAS DO CAMPO NO MUNICÍPIO DE CAMETÁ/ PA.


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chaves: Educação do Campo; Fechamento de escolas do campo; Política de Nucleação


PÁGINAS: 156
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
ESPECIALIDADE: Educação Rural
RESUMO:

Esta pesquisa reflete sobre a Educação do Campo, com enfoque sobre a política de nucleação e fechamento das escolas no campo. O objetivo central desse estudo é analisar a política de nucleação e o fechamento das escolas no campo, as relações e as contradições desse processo ocorrido no município de Cametá/PA. O território da pesquisa será as comunidades de Ponta Grande, Caliçado, Pissareira, Uxi Beira-rio, Anauerá, Sulapo e Sulapinho todas localizadas as margens da BR 422. De forma especifica, objetiva-se estudar a realidade da nucleação no município de Cametá/PA, bem como compreender a relação dessa política e suas contradições com o fechamento de escolas no campo. O aporte teórico desse trabalho está ancorado no materialismo histórico-dialético, por compreender que por meio das categorias totalidade, contradição e mediação auxiliam no entendimento do fenômeno estudado. Referendado nos trabalhos de Kosik (1976); Cury (1989); Benitez (2014); Vendramini (2009). Os procedimentos da pesquisa adotados foram: a pesquisa documental, a revisão bibliográfica, assim como a realização da pesquisa de campo, de forma limitada, por conta da pandemia de Covid-19. Os instrumentos de coleta de dados foram a entrevista semi-estruturada, na qual se levou em conta as narrativas dos sujeitos envolvidos nessa pesquisa. O referencial teórico para discutir a educação do campo e política de nucleação/ fechamento, tem destaque os estudos de Hage (2005; 2014); Kremer (2007); Campos (2014); Marrafon (2016); Carmo (2016); Correia (2018); Santos (2019); Silva (2019); Rocha (2020). A análise dos dados levantados, revelou que o movimento de fechamento de escolas no campo, em sua grande maioria multisseriadas tem sido constante e crescente. A nucleação em Cametá se realiza de suas maneiras: primeiramente, as escolas de pequeno porte são anexadas a uma escola matriz para a expedição de documentos escolares, devido a regulamentação das escolas de maior porte, amparada na Resolução nº 485/09, do Conselho Estadual de Educação. Segundamente, seria a reunião/ nucleação das escolas de pequeno porte em uma escola com uma maior infraestrutura (sala de aula, copa/cozinha, entre outras dependências), ocasionando inicialmente a paralisação e posteriormente o fechamento dessas escolas. Logo, identificou-se que a nucleação realizada no município de Cametá tem intensificado o fechamento das pequenas escolas no campo, dificultando o acesso dos sujeitos do Campo as oportunidades de escolarização próximo as suas residências. Outro ponto, que há de se destacar é a questão do transporte escolar que está vinculado a política de nucleação e contribui para o fechamento das escolas no campo. Para as comunidades rurais, o fechamento das escolas tem representado a perda de sua referência e enfraquecimento político. Apesar dos avanços conquistados nas últimas décadas pela Educação do Campo no Brasil, o movimento de fechamento das escolas tende a aumentar, se não for seriamente dialogado com a sociedade, na busca pela garantia da educação escolar pública como direito de todos e dever do Estado.
.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1769176 - ERALDO SOUZA DO CARMO
Interno - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Interno - 3425816 - JOAO BATISTA DO CARMO SILVA
Interno - 1769360 - MARIA SUELI CORREA DOS PRAZERES
Externo ao Programa - 1347712 - SALOMAO ANTONIO MUFARREJ HAGE
Notícia cadastrada em: 26/11/2021 09:37
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - morango.ufpa.br.morango2