News

Banca de QUALIFICAÇÃO: CHRISTIANE COSTA LIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CHRISTIANE COSTA LIRA
DATA: 26/01/2021
HORA: 16:00
LOCAL: Sala do PPGEDUC - Plataforma Virtual
TÍTULO:

AGENCIAMENTOS POLÍTICOS E LITERÁRIOS NAS TRAMAS EDUCATIVAS DE VOZES-MULHERES


PALAVRAS-CHAVES:

Agenciamentos coletivos; Clarice; Drummond; Vozes-mulheres; Educação.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
RESUMO:

Agenciar Clarice Lispector e Carlos Drummond de Andrade nos atravessamentos dos Feminismos, Literatura e Educação constitui o desafio desta escrita. Abrir mundos nas tramas educativas, movimentando encontros, agenciamentos políticos e literários que inquietam o pensar nas reuniões em assembleias para discutir a liberdade do corpo-político e o direito de aparecer, apoiada nas ações educativas do Coletivo de Mulheres Sumanas para dar visibilidade às minorias silenciadas, a partir das cartografias ao modo Deleuziano-Guattariano entrelaçada aos estudos feministas a potencializar ações e resistências coletivas, nascidas dos movimentos dos devires e do transitar entre o real e o imaginário, a literatura e a vida. Valorizar a coexistência de feminismos plurais e a importância das lutas coletivas que conectam a educação com a cultura para os processos de emancipação e de problematização da condição da mulher na sociedade, e por meio de cenas da arte literária de Clarice Lispector na obra A Hora da Estrela (1977) e arte poética com o poema A mesa, contido no V capítulo de Os Lábios Cerrados na obra Claro Enigma (1951) de Drummond. Para isto questionamos as desigualdades de gênero na sociedade e potencializamos as multiplicidades e devires, interligando arte e vida para que possamos erguer nossas vozes-mulheres a produzir potências nas lutas políticas. A pesquisa cartográfica apoia-se na Filosofia da Diferença de Deleuze e Guattari (1995), Passos, Kastrup, Tedesco e Escóssia (2015; 2016). O aporte teórico percorre por Arendt (2002; 2007;2018;2019), Bauman (2000), Butler (2003;2004), Davis (2015), Deleuze (1997), Deleuze e Guattari (1995;2003), Hooks (2013; 2019), Levy (2011), Nunes (2007), além de Lispector, Drummond, Evaristo articulados ao campo da educação. Com este estudo, almeja-se apresentar a pesquisa cartográfica em andamento no Curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura, movimentando os agenciamentos políticos-literários nas tramas formativas do Coletivo de Mulheres Sumanas do CUNTINS-Cametá, jovens universitárias e de outras coletividades que constroem outros modos de educar-se na liberdade e na visibilidade feminista em meio às experimentações por meio da arte, poesia, literatura e da criação de espaços de resistência política em seu viver acadêmico e social.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2298298 - GILCILENE DIAS DA COSTA
Interno - 2299112 - JOSE VALDINEI ALBUQUERQUE MIRANDA
Externo à Instituição - LUCELIA DE MORAES BRAGA BASSALO
Externo à Instituição - LUCIENE DE OLIVEIRA DIAS
Notícia cadastrada em: 21/12/2020 19:07
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba2