News

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALICE DO SOCORRO LOUZADA MORAES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALICE DO SOCORRO LOUZADA MORAES
DATA: 25/01/2020
HORA: 15:00
LOCAL: SALA 03 DO PPGEDUC
TÍTULO:

Processos de Integração de Saberes em Avaliação de Língua Portuguesa no Trabalho Docente de Professoras do Ensino Médio.


PALAVRAS-CHAVES:

Integração; Avaliação da aprendizagem; Saberes docente.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Planejamento e Avaliação Educacional
ESPECIALIDADE: Política Educacional
RESUMO:

O presente trabalho em desenvolvimento, intitulado: “PROCESSOS DE INTEGRAÇÃO DE SABERES EM AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA NO TRABALHO DOCENTE DE PROFESSORAS DO ENSINO MÉDIO” investiga saberes docentes no âmbito da avaliação da aprendizagem de Língua portuguesa da escola de ensino médio Osvaldina Muniz da zona urbana de Cametá – PA, com a finalidade de analisar como saberes prescritos sobre avaliação no contexto da atividade de trabalho docente na Educação Básica tem se relacionado com saberes experienciais no ensino aprendizagem de Língua portuguesa. Sabemos que as formas de avaliação dessas professoras são pautadas em saberes prescritos pela sua formação profissional, mas também, por saberes históricos, vivenciados e praticados no cotidiano escolar por estas docentes aqui analisadas, pois, é por meio dessas experiências que o uso de si por elas se concretiza. Por isso, o problema a ser investigado parte de indagarmos como os saberes prescritos em avaliação que constituíram a formação destas trabalhadoras são renormalizados por elas no cotidiano escolar das suas experiências de trabalho? Para sustentar esta pesquisa, o levantamento bibliográfico se baseia em autores e pesquisadores tais como: Hadji (1994); Eteban (1999); Loch (2000); Holffman (1993; 2014); que refletem e problematizam a avaliação. Scwartz (2000; 2003; 2011; 2016); Charlot (2005); Tardif (2002; 2009); Trinquet (2010) que nos ajudam a refletir sobre saberes à luz da Ergologia, entre outros autores que fundamentam o debate apresentado. Do ponto de vista metodológico nos propomos a fazer uma análise dialética relacionada com a abordagem ergológica que nos ajudará a compreender a atividade humana, mais precisamente, a atividade humana do trabalho docente numa perspectiva de refletir sobre a relação entre saber prescrito e experiencial, pois, trata-se nesta análise de investigar professoras que obviamente estão inseridas numa sociedade de constante evolução e que consequentemente buscam por meio do uso de si, criar formas avaliativas que permitam a elas adaptar-se, inovar e recriar no seu cotidiano de trabalho formas de liberdade para fazer escolhas diante de uma situação imprevista na sua atividade docente diária, por exemplo. Em nosso trajeto inacabado, trazemos este texto organizado em 04 seções: Introdução; Seção II; Seção III e Seção IV. Esta pesquisa em seu aspecto parcial revela que integrar saberes prescritos aos saberes experienciais para renormalizar práticas avaliativas numa perspectiva de formação ampla dos sujeitos não parece uma tarefa fácil, exige uma lógica de avaliação que se aproxime da perspectiva formativa e/ou emancipatória, mas ao mesmo tempo que busque atribuir notas, pois, assim exige um conjunto de normas. No entanto, prima por buscar um resultado que se transforma, partindo de movimentos que conduzem a reconfiguração, o retrabalho e a recriação do que se prescreve como consolidado. O trabalhador da educação, é um dos capazes de agenciar sua atividade de trabalho – por conhece-la melhor do que ninguém - com autonomia em sala de aula, e por isso, possui o poder da criatividade de inovar suas práticas avaliativas, intervindo nelas e transformando-as por meio do trabalho, possibilitando a construção de uma formação integrada e que contribua para a emancipação da classe trabalhadora por meio desta formação ampla dos sujeitos. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Interno - 159.587.918-85 - ANDREA SILVA DOMINGUES - PUC - SP
Externo ao Programa - 2360232 - ANA PAULA VIEIRA E SOUZA
Notícia cadastrada em: 22/01/2020 11:38
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2