News

Banca de DEFESA: JOENIA NUNES DOS PRAZERES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOENIA NUNES DOS PRAZERES
DATA: 24/05/2019
HORA: 18:00
LOCAL: sala 001 PPGEDUC/Cametá
TÍTULO:

SÍTIOS AGRÍCOLAS DAS COLÔNIAS DE SÃO VICENTE E PONTA GROSSA: UMA EXPERIÊNCIA AGRÍCOLA DESENVOLVIDA NAS DÉCADAS DE 1970 E 1980 NA COMUNIDADE DE CARAPAJÓ, MUNICÍPIO DE CAMETÁ/PARÁ


PALAVRAS-CHAVES:

Sítios Agrícolas. Agricultura. Trabalhador Rural. Carapajó.


PÁGINAS: 151
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Esta pesquisa teve como objetivo analisar os processos de implantação, formação e organização dos trabalhadores rurais do projeto Sítios Agrícolas das Colônias de São Vicente e Ponta Grossa da comunidade de Carapajó, Município de Cametá-PA. Este projeto se constituiu em uma das atividades sociais desenvolvidas pela Prelazia de Cametá entre as décadas de 1970 e 1980, tendo como principal idealizador o padre Johannes Gerardus Boonekamp. A problemática dessa pesquisa está vinculada à compreensão de como se efetivou a participação dos trabalhadores rurais na implantação dos Sítios Agrícolas, o engajamento sociopolítico desses sujeitos e a relação trabalho e educação no contexto rural. Para responder a essa problemática propomos os seguintes objetivos específicos: investigar em que contexto, social e eclesial, surgiu o projeto Sítios Agrícolas, tal como suas finalidades e objetivos; verificar como se deu a sua implantação, as práticas formativas e a organização dos trabalhadores; e, identificar as rupturas e permanências. Considerando essa experiência agrícola como parte de um processo que contribuiu para a formação e organização dos trabalhadores rurais na Região de Cametá, esta investigação adotou como metodologia a História Oral e como método a pesquisa qualitativa. Também como parte do procedimento metodológico essa pesquisa realizou pesquisa documental nos arquivos da Diocese de Cametá, visitas de campo para estabelecer contato com as pessoas da comunidade de Carapajó e entrevistas. Essas oitivas foram norteadas por um roteiro de perguntas e realizadas tanto com os sujeitos que fizeram parte desse projeto, quanto com outras pessoas que testemunharam ou vivenciaram essa experiência agrícola. O projeto envolvendo as Colônias São Vicente e Ponta Grossa pode ser considerado uma experiência agrícola pioneira na Região do Baixo Tocantins, tanto pelo acesso à terra quanto pelo método de financiamento. Esta pesquisa, portanto, nos permitiu verificar em que contexto esse projeto foi desenvolvido, compreender o percurso histórico dos trabalhadores rurais da comunidade de Carapajó e sobretudo dar visibilidade a esses sujeitos sociais do campo que lutaram pela superação das relações sociais de exclusão.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1834777 - CARLOS LEANDRO DA SILVA ESTEVE
Presidente - 1669289 - FRANCIVALDO ALVES NUNES
Interno - 1769360 - MARIA SUELI CORREA DOS PRAZERES
Notícia cadastrada em: 17/05/2019 16:12
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1