News

Banca de DEFESA: JOATAN SOARES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOATAN SOARES DE SOUSA
DATA: 14/09/2018
HORA: 14:00
LOCAL: campus cameta
TÍTULO:

Saberes tradicionais dos remanescentes de quilombolas da comunidade Umarizal (BAIÃO/PA)


PALAVRAS-CHAVES:

Saberes tradicionais - Identidade - Memória - Cultura


PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

A presente pesquisa nasceu do interesse sobre os quilombolas da comunidade Umarizal (Baião/PA), despertado a partir do contato com esse povo, que ocorreu por meio de uma pesquisa de especialização em Cultura Afro-brasileira, realizada em 2010.  A dimensão da realidade desse quilombo apontou elementos instigantes que nos levou a entender o quão era importante tratar de assuntos pertinentes aos saberes locais desses remanescentes de quilombolas do Umarizal. Neste sentido, a pesquisa partiu de questionamentos sobre os Saberes Tradicionais que caracterizam a Comunidade Quilombola do Umarizal, e como esses saberes estão sendo transmitidos de geração em geração, Assim, definimos como objetivo geral analisar os saberes tradicionais que caracterizam a Comunidade Quilombola do Umarizal, tendo em vista a transmissão desses saberes por meio de experiências cotidianas, considerando os aspectos culturais importantes que são preservados de geração em geração. A metodologia de pesquisa foi realizada por meio de análise documental, pesquisa em campo, observação em lócus e, como recurso para coleta de dados foi feito o uso da história oral. As categorias de informantes foram selecionadas segundo critérios de participação nos movimentos organizados pela comunidade. apontou-se: jovens, ponto de vista das relações conjugais; Liderança da representatividade da associação quilombola; famílias que participam ativamente da conjuntura atual dos movimentos realizados no quilombo e; individual que habita na comunidade, porém não se considera quilombola. Essas categorias foram fontes orais no desenrolar deste trabalho e, foram chamados pelos nomes próprios, de acordo com a declaração de Livre esclarecido. Por meio desse recurso, ou seja, a história oral será possível coletar informações a respeito da importância dos saberes tradicionais para a comunidade. O lócus de pesquisa é a comunidade do Umarizal, distrito da cidade de Baião-Pará. Os saberes tradicionais da comunidade Quilombola do Umarizal, objeto desta pesquisa, são encontrados na medicina natural, como nas plantas e raízes usadas para remédios caseiros; nos trabalhos de partos realizados em casa; nas danças e músicas com instrumentos da cultura afro-brasileira; nas festas religiosas; no preparo da terra para a agricultura de subsistência e; no extrativismo vegetal.  


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2524613 - BENEDITA CELESTE DE MORAES PINTO
Presidente - 263.026.912-49 - MARA RITA DUARTE DE OLIVEIRA - UFC
Externo ao Programa - 2558010 - ROSANGELA DO SOCORRO NOGUEIRA DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 09/08/2018 10:17
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2