News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GEANICE RAIMUNDA BAIA CRUZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEANICE RAIMUNDA BAIA CRUZ
DATA: 23/07/2018
HORA: 08:00
LOCAL: sala 001 predio orlando cassique-campus cameta
TÍTULO:

A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO ENSINO SUPERIOR: a experiência do POLO UAB/CAMETÁ/PA


PALAVRAS-CHAVES:

Educação à distância. Expansão do Ensino Superior. Universidade Aberta do Brasil. Qualidade no ensino.


PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

A presente dissertação faz parte das discussões desenvolvidas no contexto da pesquisa em andamento intitulada “A Educação a Distância no ensino superior: a experiência do Polo UAB/Cametá/PA”, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação e Cultura, da Universidade Federal do Pará, do Campus Universitário de Cametá/UFPA e tem como objetivo geral analisar a Educação à Distância no atual contexto capitalista, e em que medida a EaD pode ser compreendida como uma estratégia para democratizar o acesso ao ensino superior no Brasil. Como objetivos específicos, buscar-se-á apresentar a trajetória histórica da educação a distância no Brasil; conhecer os fundamentos e conceituação da EaD; destacar os marcos legais e sua inserção na educação, principalmente após a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) nº 9394/96. Segue-se analisando as políticas públicas de cunho neoliberal e seus desdobramentos para o ensino superior na modalidade em EaD e contextualizar os indicadores e dados atuais sobre a expansão no ensino superior no Brasil. E ainda: (i) apresentar o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), após a aprovação do decreto nº 5.622/2005; (ii) investigar como ocorreu o processo implementação e implantação do Polo UAB/Cametá, bem como (iii) analisar o ensino ofertado e a qualidade imbricada na formação dos alunos egressos do Curso de Matemática. As bases teóricas para a feitura deste texto, serão ancoradas em estudiosos que pesquisam e discutem as condições de oferta de ensino numa perspectiva marxista, como Marx (1982), Araújo & Rodrigues (2007, 2012, 2011); Frigotto (1991, 2003), Kuenzer (1997), Cury (1985). Para tratar da Educação à Distância, buscaremos em Belloni (1999; 2002, 2003, 2006), Vieira (2005), Kenski (2003), Fidalgo (2009), Alonso (1994; 1999 e 2005), Peters (1989) e Preti (1995). A metodologia traz como norte o enfoque crítico-dialético por entendermos que se faz necessário dialogar com as informações acerca do processo de ensino a distância, que vem sendo implementado pelas IES. A pesquisa apresentará uma abordagem qualitativa, considerando que há uma relação e dinâmica entre o mundo real e o sujeito. Os sujeitos da pesquisa serão os coordenadores, tutores e alunos egressos do Curso de Matemática/turma 2009. Como resultado inicial destacamos que a Educação a Distância cresceu de forma acentuada em nosso país se consideramos o aumento de mais de 500% em matrículas nesta modalidade de ensino a partir da década de 90. Com a criação dos Polos de Apoio Presencial, a Universidade Aberta do Brasil dissemina cursos a nível de graduação sem a princípio dar garantia da qualidade do ensino, reforçando assim as políticas de cunho neoliberal de expansão e não de inclusão. Veremos se sob o discurso da democratização, da universalização e da expansão do ensino superior, está se garantindo no Polo/UAB/Cametá, o acesso, a permanência e a saída com sucesso dos alunos que buscam formação de qualidade nos moldes da EaD.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2190546 - GILMAR PEREIRA DA SILVA
Interno - 1769360 - MARIA SUELI CORREA DOS PRAZERES
Notícia cadastrada em: 21/06/2018 11:24
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1