News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GLENO DOS SANTOS BATISTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLENO DOS SANTOS BATISTA
DATA: 03/11/2023
HORA: 14:30
LOCAL: SALA DO PPGEDUC_PLATAFORMA MEET
TÍTULO:

ESCOLARIZAÇÃO, TRABALHO E IDENTIDADE DE CLASSE: integração de conhecimentos escolares e saberes do trabalho junto a egressos do Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME)


PALAVRAS-CHAVES:

Trabalho; identidade de classe; Integração; Saberes; Conhecimentos; Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME)


PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
ESPECIALIDADE: Ensino Profissionalizante
RESUMO:

A presente pesquisa investiga, numa perspectiva dialética, as relações entre Escolarização,  Trabalho e Identidade de Classe junto a egressos do Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME), a partir da integração entre conhecimentos escolares e saberes do trabalho no ofício de trabalhadores e trabalhadoras (pescadores artesanais) de comunidade ribeirinha no Município de Cametá-Pará. A pesquisa tem por objetivo analisar a possível integração/fragmentação de conhecimentos escolares e saberes do trabalho, junto a egressos do Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME), contribui para processos de construção de identidade de classe” Utiliza-se como método da pesquisa o materialismo histórico-dialético. Nossas análises buscam compreender o fenômeno estudado em seu contexto histórico-social. Quanto à metodologia, é de natureza qualitativa, configura-se, desse modo, o estudo bibliográfico, que fundamenta a discussão de categorias abordadas nesta produção como trabalho e saberes (Marx, 2008), tomando a ergologia (Schwartz, 2014, 2000, 2002) como norte analítico sobre atividades de trabalho, Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME) e integração (Ciavatta, 2005, 2014, 2020; Rodrigues, 2012, 2020; Ramos, 2005, 2008, 2010; Araujo; Frigotto, 2020; Silva, 2018; Sousa, 2020; Moutinho, 2020; Neto, 2020). Também utilizaremos entrevista semiestruturada (Michelat, 1985), analisada na perspectiva da análise de conteúdo (Franco, 2007). Como resultado preliminar, o estudo bibliográfico aponta que o Sistema de Organização Modular de Ensino – SOME, em seu processo histórico, exerce o papel de democratização do ensino, possibilitando, nas contradições do modo de produção capitalista, a jovens de comunidades e povos tradicionais o acesso ao Ensino Médio; e  nos possibilitou compreender os conceitos e princípios dos estudos na perspectiva da ergologia, em destaque os processos de renormalizações/integração, possíveis em atividades humanas de trabalho e nesta produção considerada no processo formativo de trabalhadores e trabalhadoras no interior da Amazônia paraense.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Interno - 3425816 - JOAO BATISTA DO CARMO SILVA
Interno - 707.037.522-00 - RUBENS DA COSTA FERREIRA - UFPA
Externo à Instituição - MARIA CLARA BUENO FISCHER
Notícia cadastrada em: 16/10/2023 10:13
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2