News

Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCO MÁRCIO COSTA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO MÁRCIO COSTA DA SILVA
DATA: 05/05/2023
HORA: 15:00
LOCAL: meet.google.com/rxg-vbbk-hrc
TÍTULO:

CAPOEIRA: sobrevivência e resistência na sociedade do capital


PALAVRAS-CHAVES:

Capoeira, Mercadorias, Capitalismo, Sociedade.


PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

O presente trabalho traz no seu escopo apontamentos que delineiam o caráter da Capoeira na atualidade e suas funções na conjuntura social cotidiana. Partindo do princípio de que a Capoeira é uma prática originada na diáspora, como forma de se contrapor a um sistema opressor (ABIB, 2004) e consolidada no Brasil ainda no período escravagista, mas que se mantém até a atualidade não só em todo território nacional, mas também internacional se fazendo presente em mais de 150 países nos cinco continentes, segundo o último levantamento (IPHAN, 2014). Assim, o objetivo deste consiste em entender como uma prática secular brasileira se mantém na atualidade levando em consideração o sistema vigente (o capitalista), que segundo Mészáros (2005), transforma tudo em mercadoria. Em busca desse intento serão utilizados como autores estruturantes deste trabalho Marx (2007, 2008, 2013), Mészáros (2005, 2015), Antunes (2009), Vasquez (2011) dentre outros, que forneceram subsídios para compreender como a Capoeira se mantém enquanto prática desportiva e cultural vigente (re)existindo ao tempo e as mudanças estruturais impulsionadas pelo capitalismo. Como aporte teórico dos estudiosos da Capoeira, serão utilizados os trabalhos de Brito e Granada (2021), Khol (2014) Araújo (2006, 2008), Campos (2001), Falcão (2004), Abib (2004, 2018), dentre outros, que delineiam condições e demais aspectos da Capoeira. Como resultado (provisório, pois ainda está em curso a pesquisa) foi entendida a partir da definição do processo de formação das mercadorias no sistema capitalista e de como o trabalho é parte fundante nesse objetivo, que dentre as ações plurais que a Capoeira performa, a mais preponderante é sua condição enquanto mercadoria. Observou-se que a condição de mercadoria garantiu a longevidade na trajetória da Capoeira e foi pavimentada pelo trabalho, tanto no seu sentido formativo quando laboral de subsistência. Essas verificações foram obtidas através das falas dos entrevistados (realizados até agora), analisadas e dialogadas com os teóricos que delineiam tais fenômenos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 642.967.172-00 - ELIDO SANTIAGO DA SILVA - UFPI
Interno - 1808826 - ARIEL FELDMAN
Interno - 1269545 - JOAO PAULO DA CONCEICAO ALVES
Externo à Instituição - ROBSON CARLOS DA SILVA
Notícia cadastrada em: 18/04/2023 10:41
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2