News

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDERSON CONCEICAO DE MORAES ANDRADE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDERSON CONCEICAO DE MORAES ANDRADE
DATA: 30/03/2023
HORA: 16:00
LOCAL: https://meet.google.com/dpz-kfic-fyh
TÍTULO:

O “NOVO” ENSINO MÉDIO EM LIMOEIRO DO AJURU SOB A PERSPECTIVA DOS PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO EM TEMPO INTEGRAL DA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOÃO LUDOVICO


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino Médio; Flexibilização; Aspectos formativos; EMTI; Infraestrutura.


PÁGINAS: 152
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Planejamento e Avaliação Educacional
ESPECIALIDADE: Política Educacional
RESUMO:

O presente trabalho analisa aspectos formativos do processo de implementação do “Novo” Ensino Médio e suas implicações para a educação das juventudes de Limoeiro do Ajuru, a partir das perspectivas dos professores da escola estadual Professor João Ludovico, que faz parte da Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), instituída pela Lei n.º 13.415/2017. Para isso realizou-se uma pesquisa exploratória do tipo estudo de campo, utilizando-se como procedimentos metodológicos entrevistas semiestruturadas  com os professores que atuam no EMTI da escola Professor João Ludovico desde o início da implantação do programa na referida instituição, bem como a observação direta do pesquisador, esta fase foi precedida de uma revisão bibliográfica sobre a reforma do “Novo” Ensino Médio, na qual foi possível identificar algumas das principais categorias que se relacionam não apenas com a atual reforma, como também ao desenvolvimento histórico do ensino médio no Brasil, quais sejam: dualidade educacional, diferenciação escolar, teoria do capital humano, ensino médio integrado e politecnia. A análise dos dados apresenta uma abordagem qualitativa que para avaliar a implicação do “Novo” Ensino Médio para a educação das juventudes de Limoeiro do Ajuru foi organizada a partir das seguintes categorias: flexibilização curricular e protagonismo juvenil; pedagogia das competências; Projeto de Vida; infraestrutura no Ensino Médio em Tempo Integral. A investigação empírica permite concluir que a flexibilização curricular implementada pela atual reforma prejudica os aspectos formativos das juventudes de Limoeiro do Ajuru ao limitar a carga horária para uma formação geral, revelou ainda que poucos professores do EMTI da escola estudada mantém uma postura crítica fundamentada em relação à elementos da reforma profundamente influenciados pela ideologia neoliberal como a pedagogia das competências e o Projeto de Vida, e evidenciou que a infraestrutura inadequada compromete a efetividade do EMTI no processo formativo dos estudantes. Além disso, corroborou com a constatação identificada na fase de revisão bibliográfica de que o processo reformista não considerou as realidades das juventudes da Amazônia, no caso de Limoeiro do Ajuru, especialmente a dos ribeirinhos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1269545 - JOAO PAULO DA CONCEICAO ALVES
Interno - 642.967.172-00 - ELIDO SANTIAGO DA SILVA - UFPI
Interno - 3425816 - JOAO BATISTA DO CARMO SILVA
Externo ao Programa - 2153065 - MARIA DO SOCORRO DA COSTA COELHO
Notícia cadastrada em: 09/03/2023 10:30
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2