News

Banca de DEFESA: LAURA SOPHIA CRUZ DE ANDRADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LAURA SOPHIA CRUZ DE ANDRADE
DATA: 29/11/2022
HORA: 16:00
LOCAL: Campus do Tocantins Cametá-PPGEDUC
TÍTULO:

O FECHAMENTO DE ESCOLAS DO CAMPO: UM ESTUDO A PARTIR DA REALIDADE DO MUNICÍPIO DE CAMETÁ-PA.


PALAVRAS-CHAVES:

Educação do Campo. Fechamento de Escolas. Políticas Educacionais. História e Memórias.


PÁGINAS: 147
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
ESPECIALIDADE: Educação Rural
RESUMO:

Este estudo investigou o fechamento de escolas do campo no município de Cametá-Pa, teve como principal objetivo, identificar as causas que tem levado ao fechamento de escolas do campo no município. Nos procedimentos metodológicos, usou-se a Estudo de Caso e a análise de conteúdo. Pautou-se na pesquisa qualitativa, como técnica de coletas dos dados usou-se a entrevista semiestruturada. Teve como aporte teórico o Materialismo Histórico Dialético, a qual nos permite compreender a ocorrência de inúmeros fenômenos sociais, identificando assim suas raízes, e como este se relaciona como os demais processos, que ocorrem na sociedade. Os resultados apontam que discutir acerca da Educação do Campo em particular sobre o fechamento de escolas é potencializar as lutas dos povos do campo em defesa da educação. É neste sentido, que esse estudo buscou realizar essa discussão dando ênfase a luta dos movimentos sociais e sindicais, que tem se fortalecido cada vez mais, na defesa da permanecia da escola do campo com qualidade. O fechamento de escolas no município é um processo cada vez mais crescente, nos últimos dez anos foram fechadas 76 escolas, o que revela um número bastante assustador quando analisa-se a composição geográfica do município de Cametá. Identificamos a urgência que se tem em criar políticas específicas para a Educação do Campo, pois, observou-se, que mesmo o município não assumindo oficialmente a nucleação de escolas, esse processo tem sido intenso e o único fator, que se tem levado em consideração para a concretização desse processo é a ausência de uma estrutura física adequada. Nesse contexto ressalta-se a contrapartida dos movimentos sociais e sindicais, que tem constituindo-se no município como referencias na luta para que as demandas de seus povos sejam atendidas principalmente no que se refere ao processo educacional destes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2272166 - HELLEN DO SOCORRO DE ARAÚJO SILVA
Interno - 1769176 - ERALDO SOUZA DO CARMO
Externo ao Programa - 1347712 - SALOMAO ANTONIO MUFARREJ HAGE
Notícia cadastrada em: 22/11/2022 11:08
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha2