News

Banca de DEFESA: PABLO CARDOSO MAIA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PABLO CARDOSO MAIA
DATA: 30/11/2022
HORA: 09:00
LOCAL: PPGEduc Cametá
TÍTULO:

A psicodinâmica no processo de sofrimento psíquico do trabalhador docente relacionado à precarização do trabalho na rede pública de ensino


PALAVRAS-CHAVES:

Precarização do trabalho. Docente. Adoecimento biopsicossocial. 


PÁGINAS: 148
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Estamos em uma época de globalização, em que, cada vez mais, os trabalhadores são explorados pelas grandes corporações, as quais, objetivando aumentar seus lucros a partir da nova organização do trabalho, da globalização do mercado e da produção para consumo, causam consequências políticas, econômicas, sociais e educacionais. Toda essa gama de consequências afetaram os docentes através das reformas educacionais que implementaram conceitos de produtividade, eficácia, excelência e eficiência assentados nas novas teorias administrativas aplicadas ao campo pedagógico, pois tais exigências são cobradas do professorado em um contexto de escolas sucateadas e com pouco recurso material e pessoal, levando o professor ao adoecimento biopsicossocial a médio e longo prazo. Nesse sentido, nosso estudo visa se debruçar sobre esse contexto da precarização do trabalho para poder entender o adoecimento dos docentes. Assentamo-nos, desse modo, na seguinte temática:  A psicodinâmica no processo de sofrimento psíquico do trabalhador docente relacionado à precarização do trabalho na rede pública de ensino. O objetivo geral da pesquisa é analisar a precarização do trabalho como condição desencadeadora do adoecimento psicossomático dos professores, e este sintoma como linguagem de protesto na parcela docente da rede pública de ensino. De modo mais específico, objetivamos: a) verificar as relações entre a precarização do trabalho e o adoecimento biopsicossocial na população docente; b) interpretar como a condição desestruturante do trabalho desencadeia os sintomas psicossomáticos nos professores; c) analisar quais os prejuízos individuais e coletivos que os sintomas psicossomáticos causam no docente. Utilizamos a seguinte metodologia – pesquisa bibliográfica; explicativa; qualitativa; estudo de caso e com análise de conteúdo – sob o método de abordagem materialismo histórico dialético. Os resultados parciais de nossa pesquisa sinalizam que a) há uma relação direta entre precarização do trabalho e adoecimento dos docentes, sendo que, dentre alguns dos sintomas mais presentes nesse público, está a insatisfação crônica, a desesperança na mudança da realidade, o aparecimento de estratégias de defesa para o autoconvencimento e a aceitação das condições de trabalho; b) as condições desestruturantes da organização do trabalho na educação pública leva os docentes ao adoecimento como efeito da incongruência entre estrutura precarizada e exigência de eficácia na sua produtividade; c) os docentes, além do adoecimento psicossomático, lidam com prejuízos sociais, econômicos e afetivos, com a dificuldade de organização da categoria para enfrentar a exploração vivida e, por fim, com os afastamentos sistemático de seus postos de trabalho; d) também alcançamos, como resultado parcial, a compreensão de que há todo um processo de moldagem do comportamento de servidão no trabalhadores em geral, assim como nos docentes, através da submissão à ideologia da classe dominante embasada na economia globalizada - alienação pautada em um tradição que leva o trabalhador a ter uma postura de mansidão perante as injustiças vividas no trabalho. Em linhas gerais, nossa pesquisa vem conseguindo atingir nossos objetivos e confirmar nossas hipóteses de que a precarização do trabalho tem um efeito direto sobre a dinâmica saúde-doença do docente que vive um contexto de educação pública de sucateamento, o qual, em nosso entendimento, reflete a visão da educação como um mercado a ser explorado, cujo efeito mais imediato é a privatização dessa área.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2353907 - CEZAR LUIS SEIBT
Interno - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Externo ao Programa - 2571078 - RONALDO DE OLIVEIRA RODRIGUES
Notícia cadastrada em: 04/11/2022 10:48
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1