News

Banca de QUALIFICAÇÃO: LIDUINA GONCALVES PINHEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LIDUINA GONCALVES PINHEIRO
DATA: 22/06/2022
HORA: 16:00
LOCAL: PPGEDUC-PLATAFORMA VIRTUAL
TÍTULO:

A FORMAÇÃO CONTINUADA PARA TRABALHAR A DIVERSIDADE NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL NO MUNICÍPIO DE BREVES/PA: uma análise sobre o prescrito e o renormalizado


PALAVRAS-CHAVES:

Diversidade. Formação Continuada. Saberes. Ergologia. Trabalho Docente. Educação Básica.


PÁGINAS: 119
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Tópicos Específicos de Educação
ESPECIALIDADE: Ensino Profissionalizante
RESUMO:

O presente trabalho de pesquisa tem por objetivo proceder uma análise sobre as bases legais da formação continuada de professores/as do ensino fundamental séries iniciais do ensino fundamental do município de Breves/PA, procurando identificar a relação dessa formação com um trabalho didático-pedagógico voltado para a diversidade que está presente no coletivo da sala de aula. Pelo entendimento de ser o Plano Municipal de Educação – PME/Breves – Lei Municipal nº 2388/2015 o documento referência que estabelece as diretrizes, metas e estratégias para a política educacional municipal, tomou-se o mesmo como corpus da pesquisa, onde nos debruçamos para perscrutar o que está previsto para formação continuada que norteia, que inspira e em último significado que realmente oferece formação para um trabalho didático-pedagógico para a inclusão de toda a diversidade manifestada na sala de aula.

Por se tratar de um documento que abarca toda a política educacional municipal: sua organização e níveis de ensino, procuramos proceder a análise daquelas metas que de certa forma devem expressar relação com a temática em questão. Nesse sentido, fez-se um recorte no documento elegendo as metas 2, 4, 15 e 16. A análise dessas metas apresenta-se como o esforço teórico enveredado para compreender as relações entre o estabelecido nos documentos (no caso Plano Municipal de Educação) e o renormalizado. Melhor explicitando: entre o que os documentos oficiais prescrevem para formação continuada para o trabalho docente consoante com o respeito à diversidade e, aquilo que de fato os professores efetivam no interior da sala de aula por meio de suas práticas e saberes.

O caráter metodológico do trabalho persegue a concepção de ser histórico discutido por diferentes autores que orientam-se pela base teórica do Materialismo Histórico Dialético. Essa concepção procura explicar as relações sociais, o ser humano na vivência com a comunidade, aprendendo hábitos e valores no cotidiano e os interpretando como saberes válidos para o seu desenvolvimento, que possa proporcionar as condições para agir e produzir outros saberes. O trabalho nessa concepção é compreendido como atividade social imprescindível para a existência humana, diretamente relacionado à produção de ideias que antecedem as ações humanas, relacionado também à necessidade de prover e garantir a continuidade da existência.

O trabalho está organizado em três capítulos. O primeiro, texto introdutório onde estão circunscritas as formas de organização e desenvolvimento da pesquisa que se pretende realizar. Descreve os passos do trabalho, apoiando-se em referenciais teóricos pertinentes; no segundo capitulo procura-se apresentar a fundamentação teórica onde, em nosso entendimento, ancoram-se as categorias de análises definidas para a pesquisa; o terceiro capítulo apresenta a análise do documento Plano Municipal de Educação, onde evidencia-se o contexto de elaboração, discussão e aprovação do mesmo, o levantamento dos dados atinentes à pesquisa que fomentam a análise e reflexão para o alcance dos objetivos a que nos propomos.

Vislumbra-se com a produção deste trabalho, apresentar uma contribuição à pesquisa científica, no sentido que seja ela inspiradora de outros trabalhos, neste pedaço particular da Amazônia paraense, o Marajó, que corporifica a diversidade presente no contexto de cada  região paraense, e por conseguinte, nos municípios, particularmente neste município de Breves. Que os resultados da presente pesquisa, venha de alguma forma contribuir para a tomada de consciência, ação e resistência na construção de um processo educacional com condições efetivas de inclusão de nossa diversidade e de construção de um processo educacional realmente democrático de oportunidade e respeito a todos/as.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Interno - 3159363 - LUCAS RODRIGUES LOPES
Externo ao Programa - 3285940 - ANDREA SILVA DOMINGUES
Externo ao Programa - 2835103 - BENEDITA ALCIDEMA COELHO DOS SANTOS MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 01/06/2022 16:38
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - morango.ufpa.br.morango1