News

Banca de DEFESA: ROSANA MALATO DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ROSANA MALATO DE SOUZA
DATA: 28/04/2022
HORA: 14:30
LOCAL: Campus Universitário de Cametá
TÍTULO:

O TRABALHO EDUCATIVO DO(A)S PEDAGOGO(A)S NA ASSISTÊNCIA SOCIAL EM MELGAÇO/PA


PALAVRAS-CHAVES:

Pedagogia Social. Educação. Pedagogo. Trabalho.


PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Fundamentos da Educação
ESPECIALIDADE: Sociologia da Educação
RESUMO:

A presente pesquisa, intitulada “O Trabalho Educativo dos Pedagogos na Assistência Social” investigou de que forma está estruturado o trabalho destes profissionais na educação social, especificamente, nos serviços socioassistenciais, analisando a ação pedagógica destes no trabalho educativo como instrumento essencial que contribua para a prevenção e superação das vulnerabilidades e riscos sociais dos indivíduos e suas famílias. A discussão sobre pedagogia e pedagogia social enquanto área de conhecimento, abrangendo conceitos, origens, fundamentos e formação torna-se válida para compreensão dos subsídios teóricos e práticos do trabalho do pedagogo na educação social em seus diversos contextos históricos, além do debate sobre a sociedade brasileira nos seus aspectos socioculturais e socioeconômicos na forma como se organiza sobre a sociedade brasileira de modo a manter o controle social através da intervenção do Estado por meio da educação social e do trabalho educativo do pedagogo na minimização dos problemas sociais provocados pelo setor econômico e cultural. A educação social promovida pelo pedagogo tornar-se um instrumento fundamental no processo de construção da consciência crítica, contribuindo de forma proativa no combate às desigualdades e exclusão social, fora o fato de que a discussão do trabalho dos pedagogos na Assistência Social não vem promovendo educação social por diversos fatores relacionado como a estrutura política que constituem na prática dos serviços socioassistenciais, por não adotarem uma política de defesa e promoção social, por conta  da falta de estrutura dos recursos maus gerenciados com cortes e desvios impróprios para outras ações, bloqueando assim a ação de se realizar algumas ações devidas, além disso, devido a pandemia, o novo coronavírus limitou e bloqueou algumas ações e serviços neste setor, desta forma, a prática pedagogia dos pedagogos constituem um mecanismo desvinculado de um trabalho educativo, além disso, a restrição na formação do profissional tanto pela Política de Assistência Social do programa capacita (SUAS) quanto pelo próprio pedagogo, que se limita em buscar sua formação. As experiências profissionais da pesquisadora constituíram-se em algumas ações educativa, limitando à promoção da educação social pela falta de compreensão da mesma em relação ao trabalho educativo. A escolha do tema deu-se a partir da ideia de associar essa pesquisa à profissão de pedagoga desta na Assistência Social de na cidade de Melgaço, Estado do Pará, com intuito de compreender a função do pedagogo na educação social, precisamente, nos serviços socioassistenciais. A pesquisa tem como problema o seguinte questionamento: “O trabalho do pedagogo na Assistência Social tem promovido educação social, constituindo-se como ação educativa na minimização da prevenção e superação das vulnerabilidades e riscos sociais?”, buscando respondê-lo. Quanto ao referencial teórico, a pesquisa utilizou dos estudos de Machado (2010), Soriano (2006), Silva (2017), Bessa (2019), Zanella (2013), Santos (1999), Freire (1987), Mendes (2021), Campos (2018), Carvalho (2017), Oliveira (2017), Santana (2012) e outros. Com relação à metodologia, tem-se um estudo a partir de uma abordagem qualitativa, na modalidade de estudo de caso, com pesquisa bibliográfica e de campo com fins de investigação à forma crítica e o fenômeno estudado. Os instrumentos utilizados na coleta de dados foram as entrevistas realizadas com sujeitos e relato das minhas experiências profissionais na área da pesquisa, os quais foram essenciais para trazerem informações e conhecimentos nas discussões e construção deste trabalho e resultados obtidos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2181917 - RAIMUNDO NONATO DE OLIVEIRA FALABELO
Interno - 1808826 - ARIEL FELDMAN
Interno - 2321894 - DORIEDSON DO SOCORRO RODRIGUES
Interno - 3159363 - LUCAS RODRIGUES LOPES
Externo ao Programa - 2278773 - WALDIR FERREIRA DE ABREU
Notícia cadastrada em: 21/03/2022 08:46
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1