Notícias

Banca de DEFESA: ANDRE GEOVANI NUNES DA COSTA CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRE GEOVANI NUNES DA COSTA CARVALHO
DATA: 20/04/2020
HORA: 09:00
LOCAL: VÍDEO CONFERÊNCIA
TÍTULO:

ANÁLISE SAZONAL DA QUALIDADE DA ÁGUA DO IGARAPÉ PAU-CHEIROSO NO MUNICÍPIO DE IGARAPÉ-AÇU, ESTADO DO PARÁ"


PALAVRAS-CHAVES:

Qualidade da água; Corpo hídrico; Sazonalidade; Igarapé Pau-Cheiroso.


PÁGINAS: 83
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

O território brasileiro dispõe de grande diversidade hídrica e o Brasil é um dos países com maior quantidade de água doce no mundo. A legislação que regulamenta sobre as águas no território nacional vem evoluindo ao longo dos anos, proporcionando melhoramentos na gestão hídrica e no cuidado com meio ambiente, como a Política Nacional de Recursos Hídricos – PNRH e a criação da Agência Nacional de Águas - ANA. Este trabalho analisou, nos termos da Resolução 357/05 do CONAMA, os parâmetros físico-químicos, metais totais e metais dissolvidos, considerando a sazonalidade da qualidade da água do igarapé Pau-Cheiroso, um dos principais afluentes que perpassa pelo município de Igarapé-Açu, no Estado do Pará, que vem sofrendo degradação no decorrer do seu percurso. A pesquisa foi realizada nos meses de abril e outubro de 2019, e contemplou os períodos seco e chuvoso, variáveis determinantes na influência da qualidade da água, em oito pontos de coleta no percurso do igarapé (PT01 a PT08), desde sua nascente, até sua foz. A partir dos dados obtidos, foram aplicadas análises da estatística descritiva, em que determinaram os valores da média, desvio padrão, máximo e mínimo, e multivariada, que propiciou melhor mensuração da qualidade da água do afluente por meio da análise de grupos. O igarapé Pau-Cheiroso apresentou condições na qualidade da água dentro dos valores determinados pela legislação preconizada, mas com diferenças importantes em relação à comparação dos períodos sazonais. Na estação chuvosa, devido o escoamento superficial da chuva para dentro do corpo hídrico, arrastando matéria orgânica da mata ciliar ou outras substâncias usadas como fungicidas e fertilizantes das áreas de pasto do entorno, foram observadas variações nos valores físico-químicos como o pH, Cor, Condutividade Elétrica e DQO, e para os níveis de Metais Totais e Dissolvidos como Fe, Al, Be, Ba, Sn e Pt.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADAELSON CAMPELO MEDEIROS
Presidente - 301.091.322-20 - MARCELO DE OLIVEIRA LIMA - IEC
Interno - 326212 - REGINA CELI SARKIS MULLER
Notícia cadastrada em: 17/04/2020 15:29
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2