Notícias

Banca de DEFESA: ANDRÉ LUIZ DE SOUZA RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRÉ LUIZ DE SOUZA RODRIGUES
DATA: 31/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Por meio de vídeo conferência disponível no link https://meet.google.com/vex-ybyw-hiq
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DE microRNA’S CIRCULANTES NA ESQUIZOFRENIA: DA DESREGULAÇÃO EPIGENÔMICA À POTENCIAIS BIOMARCADORES


PALAVRAS-CHAVES:

Esquizofrenia; microRNA; Saúde mental; Biomarcadores; Epigenética.


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

Introdução: A esquizofrenia é uma patologia grave e complexa que afeta cerca de 0,5-1% da população mundial, sendo de característica crônica e é reconhecida como uma das 15 principais causas de incapacidade. Para o diagnóstico clínico de esquizofrenia, existem critérios clínicos a serem avaliados, que incluem sintomas de ordem positiva e negativa. Existe uma predisposição genética e sua manifestação ocorre após exposição a estímulos ambientais. Desta maneira, fortes evidências demonstram que estes estímulos ambientais têm a capacidade de agir nos mecanismos epigenéticos que agem na regulação da expressão gênica. Os microRNAs (miRNA’s) são biomarcadores estáveis e potencialmente confiáveis, e alguns miRNA’s já foram previamente identificados como potenciais biomarcadores para a esquizofrenia em amostras periféricas. Objetivo: Avaliar o perfil de expressão dos miRNA’s circulantes em pacientes portadores de esquizofrenia (hsa-miR-34a, miR-449a, miR-564, miR-432, miR-548d, miR-572 e miR-652) em relação a indivíduos controles negativos para a doença. Métodos: Estudo analítico, de caso-controle, transversal, utilizando amostras previamente colhidas de pacientes diagnosticados com Esquizofrenia (N = 650) e grupo de controles (N = 924), que preencheram adequadamente os critérios de inclusão. As amostras foram analisadas após extração de RNA através de sua quantificação e técnicas de obtenção da reação da transcriptase reversa e reação em cadeia da polimerase quantitativa em tempo real. Todos os dados foram analisados por meio do programa estatístico IBM SPSS22. Conclusão: Utilizando o método de coleta de sangue periférico com a intenção de encontrar possíveis biomarcadores para a esquizofrenia, foi observada uma expressão aumentada dos sete miRNA’s em vários cenários analisados, demonstrando potencial valor diagnóstico.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 3445467 - GILMARA DE NAZARETH TAVARES BASTOS
Externo à Instituição - LEOPOLDO SILVA DE MORAES
Presidente - 2178367 - ROMMEL MARIO RODRIGUEZ BURBANO
Notícia cadastrada em: 16/03/2021 16:27
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91) 3201-7288/7808/7802/7391/7800/2061 | Copyright © 2006-2021 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2