Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SIMONE CRISTINA DUARTE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SIMONE CRISTINA DUARTE MEDEIROS
DATA: 21/09/2023
HORA: 10:00
LOCAL: via videoconferência
TÍTULO:

O PAPEL DO CIRCUITO MÍNIMO DE ATIVIDADES NO DESENVOLVIMENTO DA COMPREENSÃO LEITORA DE
TEXTOS DO GÊNERO CONTO DE TERROR: uma experiência em uma turma do 8º ano de uma escola de aplicação


PALAVRAS-CHAVES:

Compreensão leitora. Circuito Mínimo de Atividades. Habilidades de leitura.


PÁGINAS: 172
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Letras
RESUMO:

A leitura é essencial não apenas para a vida escolar, mas também para toda vida cidadã fora
dela. A vida do aluno como um todo passará pela sua capacidade de ler a palavra e de ler o
mundo. A sua participação ativa na sociedade e o seu pleno exercício da cidadania dependerão
do domínio da prática de leitura. Portanto, é imprescindível possibilitar aos alunos atividades
que contribuam para o desenvolvimento da compreensão leitora deles. Levando isso em
consideração, nesta pesquisa, busco responder a esta pergunta de pesquisa: De que forma o
trabalho com leitura mediado pelo Circuito Mínimo de Atividades (CMA) possibilita o
desenvolvimento da compreensão leitora de textos do gênero conto de terror, de alunos do 8o
do Ensino Fundamental de uma Escola de Aplicação da UFPA?. Almejando responder a essa
pergunta, temos como objetivo geral demonstrar os efeitos do CMA na aprendizagem da leitura
de contos de terror. Em vista dessa questão, realizamos uma pesquisa caracterizada como
pesquisa-ação, qualitativa-interpretativa e quantitativa e de natureza aplicada, situada no campo
da didática das línguas. Tomamos como referencial teórico a concepção de gêneros textuais de
Dolz e Schneuwly (2004), de Circuito Mínimo de Atividades (CMA) de Cordeiro e Liaudet
(2021) e Cordeiro (2013), de leitura de Solé (1998) e Freire (2003), de compreensão leitora de
Kleiman (2002, 2004) e Koch e Elias (2014), bem como de Gotlib (2006), sobre a teoria do
conto. Realizamos um estudo comparativo entre as três turmas que participaram da
investigação. Em uma delas implementamos uma proposta de intervenção com base no CMA
e realizamos e apreciamos quatro testes de leitura, nas outras duas os alunos participaram
apenas da realização dos quatro testes, sem passarem pelo CMA. Os resultados dessa pesquisa
apontam que a turma em que o CMA foi implementado obteve melhor desempenho nos testes
de compreensão leitora, ao longo da pesquisa, sendo a única, entre as três, a apresentar avanços
contínuos, o que comprova o desenvolvimento de habilidades de leitura.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - GLAIS SALES CORDEIRO
Presidente - 2570132 - MARCIA ANDREA ALMEIDA DE OLIVEIRA
Interno - 1639374 - WELTON DIEGO CARMIM LAVAREDA
Notícia cadastrada em: 19/09/2023 10:36
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - morango.ufpa.br.morango1