News

Banca de DEFESA: NÍVIA CRISTINA VIEIRA ROCHA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NÍVIA CRISTINA VIEIRA ROCHA
DATA: 29/09/2023
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/vxg-mnzx-szj
TÍTULO:

DINÂMICA DE USO E COBERTURA DA TERRA A PARTIR DE ANÁLISES REALIZADAS EM ÁREAS DE EXTRAÇÃO SELETIVA DE MADEIRA NO ESTADO DO PARÁ


PALAVRAS-CHAVES:
Palavras chave: 
Sensoriamento Remoto, Processamento Digital de Imagens, Floresta, Amazônia

PÁGINAS: 52
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
SUBÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:
Resumo:
A exploração seletiva de madeira na região amazônica é uma atividade que possui relevância nos aspectos sociais, econômicos e ambientais. Em muitos dos casos esta é uma atividade considerada de baixo impacto ambiental nas florestas quando comparada ao desmatamento. Esta pesquisa avaliou a abertura do dossel em áreas de floresta explorada com impacto reduzido na Amazônia Oriental ao longo de diferentes anos. Nestas áreas foi realizado um monitoramento detalhado usando tanto imagens hemisféricas como imagens orbitais para avaliar a persistência dos impactos ao longo do tempo. As fotografias hemisféricas foram utilizadas para medir a abertura do dossel e fornecer uma avaliação de alta resolução das áreas exploradas. Este estudo também utilizou imagens obtidas pelos satélites Landsat, Sentinel e Planet. Nestas imagens orbitais foi aplicado o Modelo Linear de Mistura Espectral e realce para detectar impactos na abertura do dossel causados pela exploração seletiva de madeira. As imagens hemisféricas revelaram que mesmo 17 anos após o término da exploração madeireira, os impactos causados pela  exploração seletiva ainda foram identificados. Já as imagens orbitais permitiram identificar a exploração em diferentes intervalos de tempo de acordo com a resolução de cada uma delas. A partir dos resultados, este estudo destaca a importância do uso combinado de imagens hemisféricas e imagens de satélite para monitorar os efeitos da exploração seletiva de madeira ao longo do tempo na Amazônia. Isso permite uma compreensão mais abrangente da dinâmica florestal, a persistência dos impactos e a importância do monitoramento contínuo das áreas de exploração para avaliar os efeitos em longo prazo e adotar estratégias de manejo sustentável.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 899.850.369-72 - MARCOS ADAMI - INPE
Interno - 1967500 - ALINE MARIA MEIGUINS DE LIMA
Interno - 1549203 - EVERALDO BARREIROS DE SOUZA
Externo à Instituição - IGOR DA SILVA NARVAES
Externo à Instituição - LUCAS JOSÉ MAZZEI DE FREITAS
Notícia cadastrada em: 22/09/2023 14:16
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1