Notícias

Banca de DEFESA: LELIS ARAUJO DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LELIS ARAUJO DE OLIVEIRA
DATA: 27/08/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

ANÁLISE DO DESEMPENHO DE UMA REDE TOTALMENTE ÓPTICA USANDO DEMULTIPLEXADORES AWG E FBG E APLICAÇÕES EM SENSORES ÓPTICOS.


PALAVRAS-CHAVES:

Fibra de cristal fotônico, Efeitos não lineares, Grade de guia de onda, FBG, WDM, Sensor de deformação, Sensor de nível de líquido.


PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Telecomunicações
ESPECIALIDADE: Sistemas deTelecomunicações
RESUMO:

Apresentamos neste trabalho, um estudo de simulações numéricas do desempenho de demultiplexadores de grade de guia de onda (Array Wave Guide - AWG) e fibra de grade de Bragg (Fiber Bragg Grating - FBG) em uma rede totalmente óptica em fibra de cristal fotônico (PCF) considerando os efeitos dispersivos e não lineares, e aplicações em sensores FBGs. As simulações utilizam um conjunto de equações diferenciais que definem a dinâmica dos pulsos em uma configuração de rede de multiplexação por divisão de comprimento de onda (WDM) em PCF e em fibra óptica SMF. Utilizamos para as etapas de simulação e análise os softwares comerciais OptiGrating, empregado para modelar dispositivos que incorporem grades de difração em fibras ópticas e o OptiSystem, para simular a propagação dos sinais nas fibras. A análise do desempenho dos demultiplexadores foi realizada através de um comparativo entre os dados obtidos em termos da taxa de erro de bit (BER), fator de qualidade (fator Q) e ganho, em um sistema denso WDM com espaçamento entre canais de 50 GHz, e taxa de transmissão de 12 Gbit/s. Os resultados e a caracterização mostraram que o demultiplexador FBG em termos de BER e fator Q para a fibra PCF teve melhor desempenho quando comparado à fibra SMF e o demultiplexador AWG foi bem equilibrado em ambas as fibras. Para as configurações de sensores nesta tese, utilizamos as FBGs e propomos dois sensores, o primeiro de deformação, que tem sua funcionalidade aplicada para medição de crescimento do diâmetro radial do caule das árvores amazônicas, sendo a viabilidade de utilização deste tipo de configuração para o monitoramento de áreas de floreste, silvicultura, mudanças climáticas e irrigação bastante promissora. Os resultados das simulações indicam que é possível detectar variações minuciosas de diâmetros com resolução na faixa de 0.5 m (0.0005 mm). E o segundo de nível de líquido, aplicado para realizar a medida simultânea do nível e temperatura das águas dos rios da Amazônia, onde este tem um potencial enorme para ser empregado no monitoramento do nível de água dos rios em áreas que sofrem com riscos de enchentes. Os resultados apontam uma ótima sensibilidade de 8.6 pm/cm e medidas do nível de água até o limite de 4.0 m.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2346019 - MARCOS BENEDITO CALDAS COSTA
Interno - 2361801 - JORDAN DEL NERO
Externo à Instituição - ANTONIO FRANCISCO GOMES FURTADO FILHO
Externo à Instituição - FERNANDA CARLA LIMA FERREIRA
Externo à Instituição - RODRIGO DO MONTE GESTER
Notícia cadastrada em: 22/06/2021 12:57
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba2