Notícias

Banca de DEFESA: DANIELLE LIMA GUEDES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELLE LIMA GUEDES
DATA: 14/08/2020
HORA: 10:00
LOCAL: SKYPE
TÍTULO:

EVOLUÇÃO DA ETIQUETA PBE EDIFICA: ANÁLISE CRÍTICA COM ESTUDO DE CASO EM EDIFICAÇÃO COMERCIAL VISANDO NZEB


PALAVRAS-CHAVES:

Eficiência energética, INI-C, Sistema fotovoltaico conectado à rede, NZEB.


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

A eficiência energética das edificações é um conceito ligado diretamente ao uso eficiente dos recursos, como energia, água e materiais, tanto na fase de projeto quando na fase de operação e manutenção dos edifícios. Além de proporcionar uma possível redução de custos em operação, as práticas eficientes em construções promovem benefícios econômicos, ambientais (redução da poluição) e relacionados a saúde humana. Nesse contexto, surgem as metodologias capazes de avaliar e classificar a eficiência energética das edificações, sugerindo as melhores práticas e equipamentos. No Brasil, o PROCEL Edifica é o responsável em avaliar
as edificações e emitir um selo de conformidade que determina o nível de eficiência energética alcançado por elas. Nos últimos dois anos, a metodologia de aplicação para avaliação das edificações foi reformulada e entrou em consulta pública para validar as mudanças sugeridas em seu texto. Apesar de, até o presente momento, o texto ainda não ter sido validado pelos órgãos vigentes, a nova metodologia de aplicação, denominado de Instrução Normativa INMETRO para a classe de eficiência energética de Edificações Comerciais, de Serviços e
Públicas (INI-C), já vem sendo utilizado como método avaliativo nos processos internos do país. O presente trabalho tem como objetivo aplicar a INI-C e determinar o nível de eficiência energética parcial dos sistemas de condicionamento de ar e de iluminação em uma edificação comercial e, em seguida, comparar os resultados com o nível de eficiência energética alcançado pela metodologia anterior (RTQ-C) para a mesma edificação. Os resultados distintos pontuam as principais reformulações da nova metodologia para obtenção da etiqueta PBE Edifica, e discute a sua aproximação com outras certificações ambientais que também se baseiam no
consumo energético para classificação como, por exemplo, a certificação LEED. Para tornar a
edificação ainda mais eficiente, é proposto ao longo do trabalho a geração local de energia elétrica, através da inserção de um sistema fotovoltaico conectado à rede (SFCR). O SFCR é projetado para suprir até 92% do consumo médio da edificação, o que abre a discussão para o conceito de Near Zero Energy Building, (do português, Edifícios com consumo de energia próximo à zero), edifícios de elevada eficiência energética, e a situação nacional dessa vertente. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2153063 - MARIA EMILIA DE LIMA TOSTES
Interno - 326021 - UBIRATAN HOLANDA BEZERRA
Externo ao Programa - 2216180 - CARMINDA CELIA MOURA DE MOURA CARVALHO
Externo ao Programa - 326263 - EDSON ORTIZ DE MATOS
Notícia cadastrada em: 11/08/2020 18:24
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1