Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JORGE HENRIQUE COSTA ANGELIM

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JORGE HENRIQUE COSTA ANGELIM
DATA: 19/08/2020
HORA: 09:00
LOCAL: SKYPE
TÍTULO:

ANÁLISE PROBABILÍSTICA E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS OCASIONADOS PELA RECARGA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS NA QUALIDADE DA ENERGIA EM SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

ANÁLISE PROBABILÍSTICA E MITIGAÇÃO DOS EFEITOS OCASIONADOS PELA RECARGA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS NA QUALIDADE DA ENERGIA EM SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

A eletrificação dos meios de transporte é a ação tomada por este setor para reduzir as emissões de gases do efeito estufa derivadas da queima de combustíveis fósseis. Esse processo substitui os tradicionais (e poluentes) motores a combustão interna por versões elétricas, conduzindo mudanças tecnológicas em diversos ramos produtivos, como o setor elétrico. Os veículos elétricos plug-in, principais representantes da eletromobilidade, são caracterizados por recarregar suas baterias través da rede elétrica, sendo assim uma nova carga. Com isso, é necessário entender quais as consequências desse processo na operação dos sistemas de energia elétrica, com o objetivo de viabilizar tecnicamente a integração dessa tecnologia. Essas análises, no entanto, apresentam dificuldades quanto à previsão da demanda de recarga, uma vez que, por ser um novo elemento conectado à rede, há pouca informação a respeito sobre seu comportamento como carga. Na falta dessas informações, pode se estimar essa curva de demanda a partir de dados de transporte de um determinado grupo de usuários, tornando essa curva de carga altamente incerta, dependente das características de consumo e hábitos de mobilidade, exigindo a aplicação de técnicas de análise probabilísticas, mais adequadas que os tradicionais métodos determinísticos. Com essas informações, é possível estimar essa demanda e adotar medidas capazes de mitigar os potenciais impactos negativos da recarga de veículos elétricos em redes de distribuição. Nesse sentido, a geração solar fotovoltaica já se mostrou capaz de mitigar esses problemas, atendendo parte ou toda a demanda de um ponto de recarga, aliviando o estresse da rede, mas sua característica imprevisível e não controlável pode limitar a abrangência desses benefícios, o que ainda não é totalmente entendido na literatura. Nesse contexto, este trabalho apresenta uma análise dos impactos técnicos em uma rede de distribuição com perfil comercial e verifica os potenciais benefícios da integração simultânea de um gerador fotovoltaico quanto a qualidade da energia, além de outros fatores como carregamento do transformador e as limitações dos benefícios do gerador local na redução dos impactos técnicos negativos. As simulações realizadas integraram as modelagens probabilísticas, fundamentadas em dados reais de carga, padrões de mobilidade e de irradiância solar e implementadas no software MATLAB®, e os modelos de uma rede de distribuição modelada na ferramenta de simulação OpenDSS.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2517790 - CAROLINA DE MATTOS AFFONSO
Interno - 2224684 - MARCUS VINICIUS ALVES NUNES
Externo à Instituição - MARIA DA GUIA DA SILVA
Interno - 2153063 - MARIA EMILIA DE LIMA TOSTES
Externo à Instituição - WALMIR DE FREITAS FILHO
Notícia cadastrada em: 08/08/2020 07:52
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1