Notícias

Banca de DEFESA: DAIYUKI MAIA FUJIYOSHI

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAIYUKI MAIA FUJIYOSHI
DATA: 03/04/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Instituto de Tecnologia - ITEC
TÍTULO:

MODELOS FDTD PARA ANÁLISE DE SISTEMAS DE ATERRAMENTO: DISPERSÃO DO SOLO UTILIZANDO APROXIMADOR DE PADÉ E IONIZAÇÃO DO SOLO CONSIDERANDO MÚLTIPLOS ESTÁGIOS E RESPECTIVAS RESISTIVIDADES RESIDUAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Dispersão do solo, Aproximador de Padé, Ionização do Solo, Presparking, Sparking, Resistividades Residuais, Método das Diferenças Finitas no Domínio do Tempo (FDTD), Análise transitória de sistemas de aterramento elétrico.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Telecomunicações
ESPECIALIDADE: Teoria Eletromagnetica, Microondas, Propagação de Ondas, Antenas
RESUMO:

Dois modelos FDTD (Finite-Difference Time-Domain) para solos dispersivos e ionizados, respectivamente, são propostos para representar realisticamente as respostas transitórias dos sistemas de aterramento. O modelo para solos dispersivos é desenvolvido inserindo a dependência da condutividade e permissividade elétrica com a frequência na equação de Maxwell-Ampère através do aproximador de Padé para o termo σ+jωε. A partir disso, são obtidas equações de atualização explícitas para o método FDTD. Ainda, para validar o modelo de solos dispersivos, foram realizados testes experimentais em sistemas de aterramento. No modelo FDTD para solos não lineares, são modeladas quatro fases para a ionização do solo: sem ionização, presparking (primeiro estágio da ionização), sparking (segundo estágio da ionização) e desionização. Mecanismos identificados experimentalmente na literatura para ionização da água são associados com as fases de presparking e sparking da ionização do solo. Com base nisso, deduziu-se que a ionização fraca do gás (fase de presparking) presente dentro das bolhas produzidas devido aplicação de correntes elevadas e a ionização da solução aquosa (fase de sparking) ocorre durante o processo de ionização no solo. Uma função matemática é proposta para representar o crescimento suave da condutividade elétrica em um ponto do solo durante a fase de sparking. Também, sugere-se que, quando os efeitos associados ao crescimento limitado da quantidade de cargas livres e suas mobilidades restritas são consideradas, a resistividade residual deve ser adotada não somente na fase de presparking, mas também durante o estágio de sparking. O modelo FDTD para solos ionizados é validado através da reprodução numérica de experimentos publicados na literatura. Os resultados obtidos através dos modelos FDTD desenvolvidos neste trabalho apresentaram excelente concordância com os respectivos resultados experimentais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1927644 - FABRICIO JOSE BRITO BARROS
Externo à Instituição - LICINIUS DIMITRI SA DE ALCANTARA
Interno - 2224684 - MARCUS VINICIUS ALVES NUNES
Presidente - 3611299 - RODRIGO MELO E SILVA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 325947 - RUBEM GONCALVES FARIAS
Notícia cadastrada em: 06/03/2020 10:30
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba2