Notícias

Banca de DEFESA: RAFAEL CAVALCANTE DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL CAVALCANTE DE OLIVEIRA
DATA: 04/04/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Centro de Excelência em Eficiência Energética da Amazônia - CEAMAZON
TÍTULO:

METODOLOGIA PARA O CÁLCULO DE PERDAS TÉCNICAS E NÃO TÉCNICAS DE ALIMENTADORES DE DISTRIBUIÇÃO VIA ESTUDOS DE FLUXO DE CARGA PELO MÉTODO SOMATÓRIO DE POTÊNCIAS MODIFICADO


PALAVRAS-CHAVES:

Perdas não Técnicas, Perdas Técnicas, Redes de Distribuição, Fluxo de Carga, Somatório de Potência, Fatores de Ajuste de Carga, Planejamento Operacional, Balanço Energético


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Sistemas Elétricos de Potência
RESUMO:

Fundamental para a atividade econômica, o setor de energia elétrica no Brasil é organizado pela agência reguladora pertinente, a ANEEL. Esta regula e fiscaliza a produção, transmissão/distribuição e comercialização de energia elétrica em conformidade com as políticas e diretrizes do governo federal. Entre outras funções, a ANEEL define os valores de tarifas a serem cobradas pelas concessionária através de ferramentas como as Revisões Tarifárias. As perdas não técnicas (ou perdas comerciais) da distribuidora são parte da composição da tarifa de energia, sendo repassadas ao consumidor final, dentro de um limite pré-estabelecido. Portanto diminuir as perdas comerciais é tema de fundamental importância para as distribuidoras de energia, pois aumenta a rentabilidade da empresa e diminui os custos da energia ao usuário final. Este trabalho, sendo fruto de projeto de pesquisa realizado em parceria entre a distribuidora de energia do estado do Pará, CELPA, e a Universidade Federal do Pará, visa desenvolver uma nova metodologia no âmbito do planejamento operacional, incluindo informações de perdas técnicas e não técnicas nos estudos de fluxo de carga utilizando método Somatório de Potência modificado.

Para tanto, inicialmente é feita uma análise do cenário do setor elétrico brasileiro, com ênfase nas fraudes e furtos de energia, e os impactos desta realidade do ponto de vista financeiro tanto para as concessionárias de energia quanto para os clientes, e também os impactos na prestação de serviços a estes consumidores. A seguir apresenta-se uma nova metodologia, capaz de determinar de forma mais assertiva o estado real de operação da rede de distribuição, por levar em conta as perdas comerciais de energia, juntamente com medições reais de potência ativa e reativa injetada nos alimentadores, no ponto de acoplamento com a subestação. Aplica-se o método elaborado utilizando tanto um alimentador de teste do IEEE 13-barras, quanto um alimentador urbano da rede metropolitana de Belém, pertencente à concessionária de energia do Pará, CELPA, e os resultados obtidos são então apresentados e analisados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 326021 - UBIRATAN HOLANDA BEZERRA
Interno - 1548213 - JOAO PAULO ABREU VIEIRA
Interno - 2224684 - MARCUS VINICIUS ALVES NUNES
Externo ao Programa - 2216180 - CARMINDA CELIA MOURA DE MOURA CARVALHO
Notícia cadastrada em: 28/03/2017 09:37
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha2