Notícias

Banca de DEFESA: ANDERSON DE FRANCA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDERSON DE FRANCA SILVA
DATA: 07/04/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do ITEC
TÍTULO:

CONTROLADOR GMV APLICADO À REGULAÇÃO DE VELOCIDADE DE UM SISTEMA DE CONVERSÃO DE ENERGIA EÓLICA: UMA ABORDAGEM LINEAR, PREDITIVA E ESTOCÁSTICA.


PALAVRAS-CHAVES:

Sistemas de Conversão de Energia Eólica, Regulador de Velocidade, Controlador GMV, Augmentação Estocástica, Teoria de Controle Estocástico.


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
SUBÁREA: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
ESPECIALIDADE: Controle de Processos Eletrônicos, Retroalimentação
RESUMO:

Recentemente, a exploração de energia eólica tem se consolidado devido a três motivos: crescente demanda no consumo de energia elétrica, interesses voltados para a diversificação do mercado de energia e preocupações concernentes às questões ambientais. Considerando a atual proeminência da indústria de energia eólica, faz-se necessário que as tecnologias aplicadas aos Sistemas de Conversão de Energia Eólica (SCEE) possam garantir sua operação da maneira mais eficiente e segura possível. O principal desafio relacionado aos sistemas eólicos de potência consiste na discrepância que há entre a característica aleatória da fonte primária, i.e., o vento, e as demandas concernentes à qualidade de energia elétrica. Neste âmbito, destaca-se que, a operação de um SCEE dentro das rigorosas normas exigidas pelo mercado de energia elétrica e seus padrões técnicos, só é possível graças aos sistemas de controle automático empregados neste setor. A forte natureza estocástica do vento, variável fundamental no processo de geração de eletricidade no SCEE, faz surgir a necessidade da aplicação de técnicas de controle adequadas a este tipo de sistema. Devido às variações na velocidade do vento, as turbinas eólicas estão sujeitas à constante entrada de perturbações. Estas são propagadas em seus componentes e consequentemente aos sensores responsáveis por monitorar as variáveis do sistema.

Neste trabalho, é realizado o tratamento adequado das perturbações estocásticas presentes no sistema, a partir de modelos que são levantados considerando-se, ambas, parcela determinística e estocástica do processo. Para este tipo de tratamento foi utilizada a aplicação da técnica de Augmentação Estocástica de controladores lineares determinísticos. Este método de sintonia tem suas bases na Teoria de Controle Estocástico a partir do controlador de variância mínima generalizado (GMV – Generalized Minimum Variance), o qual é um dos membros mais simples, todavia eficiente, advindos da família dos controladores preditivos baseados em modelo (MPC - Model Predictive Controller). A técnica de Augmentação Estocástica consiste em acrescentar características estocásticas aos controladores determinísticos.

 Portanto, o principal objetivo desta pesquisa foi mitigar as fadigas impostas sobre a estrutura e subsistemas do SCEE devido às cargas aerodinâmicas e mecânicas provocadas pelas variações do perfil eólico, através da aplicação da técnica de Augmentação Estocástica de controladores determinísticos. O controlador projetado foi aplicado como regulador de velocidade de um sistema de conversão de energia eólica operando em seu regime de plena carga.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1930123 - ANTONIO DA SILVA SILVEIRA
Interno - 2153010 - CARLOS TAVARES DA COSTA JUNIOR
Interno - 6147556 - WALTER BARRA JUNIOR
Externo à Instituição - ANTONIO AUGUSTO RODRIGUES COELHO
Notícia cadastrada em: 27/03/2017 11:00
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1