Notícias

Banca de DEFESA: ELAINE LOBATO NERY

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELAINE LOBATO NERY
DATA: 14/12/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Plataforma Google Meet
TÍTULO:

ASSISTENTES SOCIAIS E A GESTÃO: Um estudo de caso na Política de Assistência Social.


PALAVRAS-CHAVES:

Política de Assistência Social, Gestão, assistente social.


PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

Esta dissertação trata de um estudo sobre o trabalho da/o assistente social na gestão das políticas sociais. Teve como objetivo geral analisar como a gestão, definida pela lei da Profissão em 1993, se faz presente nos espaços sócio-ocupacionais que, empregam assistentes sociais. Para tanto, adotou-se, como recorte metodológico, a Política de Assistência Social – PAS, considerada pela maioria dos estudos da área de conhecimento em Serviço Social, como a política social que mais emprega as/os
referidas/os profissionais. O procedimento metodológico optou ainda por estudo de caso, o Município de Castanhal no Estado Pará, local onde a autora tem trabalhado como assistente social ao longo de sua trajetória profissional. O procedimento técnico de coleta de dados incluiu levantamento bibliográfico e documental referentes as políticas sociais, no primeiro caso e, no segundo, da PAS, principalmente no âmbito das secretarias, responsáveis pela gestão e execução das ações municipais das políticas sociais em Castanhal. Ademais, realizou-se aplicação de questionários para gestoras e trabalhadoras da PAS através de questões semiestruturadas realizadas de forma on-line pela plataforma Google Forms. O estudo indica que a PAS em Castanhal, reproduz o modelo de política social adotado no Brasil, segundo qual não se enfrenta as desigualdades, se reiterando ações assistencialista, situação que se agravou nos últimos três anos. Apesar da Secretaria Municipal de Assistência Social - SESMA, em Castanhal, absorver o maior número de assistentes sociais, situação que não difere das outras secretarias que transversalizam a PAS, o número de profissionais que tiveram experiências na gestão é inexpressivo. As poucas que desempenharam essa função, não finalizaram o mandato de quatros anos, cumpridos pelo prefeito à época. Um dado que
dentre outras razões, pode ser explicado pela recusa das assistentes sociais em obedecerem às diretrizes do gestor municipal, contrárias ao entendimento de que embora exercida no contexto das contradições, a PAS, se coloca na defesa dos direitos de quem dela necessita.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2328999 - DANIELA RIBEIRO CASTILHO
Externo à Instituição - HELOÍSA HELENA CORRÊA DA SILVA
Presidente - 1152642 - MARIA ANTONIA CARDOSO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 13/12/2021 08:37
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba1