Notícias

Banca de DEFESA: GESSYCA ANNE DA SILVA BARACHO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GESSYCA ANNE DA SILVA BARACHO
DATA: 31/08/2021
HORA: 15:00
LOCAL: PLATAFORMA VIRTUAL
TÍTULO:

 

DO GÊNERO À GÊNESE DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL: análise das ações desenvolvidas por gestoras com Formação em Serviço Social no Pará



PALAVRAS-CHAVES:

Divisão Sócio/Sexual do Trabalho; Política Social; Gestão da Política de Assistência Social; Formação Profissional em Serviço Social.


PÁGINAS: 329
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

 

Formação Profissional e Trabalho do Assistente Social na gestão da Política de Assistência Social é uma temática que se apresenta bastante desafiadora, o que requer constante problematização na contemporaneidade. Ao considerar as práticas de gestoras de secretarias municipais da Política de Assistência Social, com formação em Serviço Social, observam-se relações que expressam o envolvimento entre as dimensões de sexo, da profissão e da Política Social. A Assistência Social e Serviço Social têm se apresentado, por um lado, como área e profissão que manifesta expressiva presença do sexo feminino e, de outro, vêm evidenciando, ao longo dos processos históricos, os vínculos com a esfera da reprodução associada ao sentido do cuidar. O objetivo desta tese é analisar as ações de secretarias municipais da Política de Assistência Social no Estado do Pará, especialmente, as conduzidas por gestoras com Formação em Serviço Social. Verificar se estas ações, desenvolvidas no contexto da gestão desta política, por assistentes sociais, estavam pautadas em atuação profissional que visava acesso a direitos sociais ou na reprodução de práticas conservadoras, envolveu a análise crítica baseada no marxismo, problematizando-se categorias fundamentais como: Trabalho, Classe Social e Divisão Sócio/Sexual do Trabalho. A pesquisa bibliográfica documental e de campo realizada com 6 mulheres gestoras com formação em Serviço Social, que vivenciaram a experiência como secretárias municipais da Política de Assistência Social no Estado do Pará e 1 técnica servidora da SEASTER-PA, totalizaram 7 entrevistas que articuladas à pesquisa documental sobre as ações desenvolvidas pelas secretarias municipais, localizadas em publicações e informações divulgadas por instituições públicas e privadas, geraram como resultado, a elucidação de que a relação entre depoimentos e ações, sinaliza a existência de distinção entre concepção e materialização da política por parte do secretariado municipal. Apesar das mudanças e avanços ocorridos na Assistência Social, quando se configura como política pública no Brasil e nas diretrizes formativas do Serviço Social que se orienta pela visão crítica marxista, existe a continuidade de práticas desenvolvidas por assistentes sociais calcadas nas contradições presentes na Seguridade Social Brasileira, marcada na ausência de perspectiva de classe e na reprodução da desigualdade social, apresentando, assim, a materialização dos limites da política social.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1168060 - ADRIANA DE AZEVEDO MATHIS
Presidente - 1373339 - CILENE SEBASTIANA DA CONCEICAO BRAGA
Externo à Instituição - RENATA CRISTINA GONCALVES DOS SANTOS
Externo à Instituição - ROSA HELENA STEIN
Interno - 1152647 - SANDRA HELENA RIBEIRO CRUZ
Notícia cadastrada em: 28/08/2021 00:45
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha2