Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RAQUEL CORREIA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAQUEL CORREIA DE OLIVEIRA
DATA: 31/08/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Videoconferência por meio da Plataforma Google Meet
TÍTULO:

PROTEÇÃO SOCIAL E JUVENTUDES NA AMAZÔNIA MARAJOARA: análise dos reflexos e desafios do atendimento de jovens nos CRAS do município de Breves – Marajó/PA


PALAVRAS-CHAVES:

Proteção Social. Juventudes. Assistência Social. CRAS.


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

O presente projeto de pesquisa apresenta como proposta de estudo a temática proteção social e juventudes e tem como objetivo geral analisar as demandas e dificuldades que se apresentam na inserção dos/as jovens enquanto sujeitos demandatários dos programas, serviços e projetos desenvolvidos nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) do município de Breves/Marajó-PA. Os objetivos específicos são: identificar o perfil das juventudes que são atendidas por programas, serviços e projetos dos CRAS do município de Breves-Marajó/PA; compreender o processo de inserção dos/as jovens no âmbito do planejamento das ações socioassistenciais para as juventudes; analisar a efetividade dos programas, serviços e projetos que são direcionados para as juventudes. Para alcançar o objetivo proposto tem-se como base a teoria social crítica, e a partir dela adota-se o método dialético, tendo como procedimento metodológico a realização de pesquisa bibliográfica, análise documental e pesquisa de campo, enquanto etapas sempre articuladas entre si. A revisão bibliográfica compreenderá a leitura de autores que tratem sobre proteção social e juventudes, políticas sociais e assistência social. A análise documental desenvolver-se-á a partir da leitura de documentos elaborados pela SNJ, IBGE, IPEA e Ministério da Cidadania, bem como pela análise dos relatórios de gestão da assistência social, com foco naqueles produzidos pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTRAS) e pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) de Breves. A pesquisa de campo ocorrerá na SEMTRAS e nos CRAS com coleta de dados realizada por meio de entrevistas com gestores, assistentes sociais, orientadores sociais e jovens, que são usuários dos serviços socioassistenciais dos CRAS. A partir das análises realizadas ao longo do projeto, observa-se que as juventudes emergem enquanto segmento que cada vez mais passa por processos que vão de encontro aos direitos de cidadania e que demonstram a existência de uma realidade de (des)proteção social. Nesse sentido, a proposta ora apresentada inscreve-se como uma necessidade de conhecer de que modo a política de assistência social tem incorporado as demandas das juventudes, que despontam no cenário brasileiro enquanto categoria formada por sujeitos de direitos que demandam intervenções que possam ir além do controle e da preparação para o mercado de trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADERLI GOES TAVARES
Interno - 2328999 - DANIELA RIBEIRO CASTILHO
Presidente - 2767692 - ROSELENE DE SOUZA PORTELA
Notícia cadastrada em: 19/08/2020 14:24
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - bacaba.ufpa.br.bacaba1