Notícias

Banca de DEFESA: JANILMA BARROS DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANILMA BARROS DA SILVA
DATA: 30/08/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala Multimeios - FAAD/ICSA
TÍTULO:

CONDIÇÕES ÉTICAS E TÉCNICAS DO TRABALHO DO/DA ASSISTENTE SOCIAL NA ASSISTÊNCIA SOCIAL


PALAVRAS-CHAVES:

Trabalho profissional; Condições éticas e técnicas de trabalho; Assistência Social; Assistente Social; Serviço Social.


PÁGINAS: 144
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
SUBÁREA: Serviço Social Aplicado
RESUMO:

Este estudo busca analisar as condições éticas e técnicas do trabalho do/da assistente social na Política de Assistência Social na cidade de Belém-PA. A metodologia da pesquisa foi orientada pelo método do materialismo histórico e dialético buscando apreender as múltiplas determinações da complexidade existente nos espaços sócio-ocupacionais de atuação do/a assistente social, tendo como procedimentos metodológicos: levantamento bibliográfico, pesquisa documental e de campo. O estudo tem como base o Código de Ética Profissional do/a Assistente Social e as normativas do CFESS, e autores clássicos e contemporâneos que discutem o processo de produção capitalista, o Serviço Social e o trabalho profissional do assistente social neste contexto, com destaque para as condições éticas e técnicas e quais as implicações dessas condições no atendimento dos usuários/as dos serviços na assistência social, que acessam as políticas públicas diante da realidade social que se encontram na sociedade capitalista. A Pesquisa Documental foi realizada no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS 1ª Região) mediante consulta a documentos elaborados pelo conjunto CFESS/CRESS, acerca das normativas e resoluções da atuação profissional do/a assistente social em relação às condições éticas e técnicas de trabalho. Além disso, essa pesquisa buscou verificar os principais serviços solicitados à Comissão de Orientação e Fiscalização (COFI) e denúncias encaminhadas ao conselho. Ademais, foram pesquisados, os documentos da COFI, que são os relatórios de visita de orientação e fiscalização resultantes das visitas aos espaços sócio-ocupacionais em Belém- Pará, com o objetivo de identificar as principais situações que demonstram as condições éticas e técnicas do trabalho profissional no período de 2007 a 2017. A pesquisa de campo foi realizada com base em dois roteiros de entrevista semiestruturada. O primeiro voltado aos/às assistentes sociais que atuam na política de assistência social em Belém e o segundo para as agentes fiscais do CRESS 1ª Região. Foram entrevistados/as 08 (oito) assistentes sociais com atuação na sede da FUNPAPA, CRAS e CREAS. Também foram entrevistados 02 (duas) agentes fiscais do Conselho Regional de Serviço Social/CRESS 1ª Região. As análises apontam para a precarização das condições do trabalho profissional do/a assistente social em Belém, em infraestrutura física do espaço e em condições éticas e técnicas. Como resultado, concluímos a precarização das condições, o que evidencia os desafios desses profissionais atuarem dentro das prerrogativas do Código de Ética Profissional, com garantia da autonomia, sigilo e guarda de material técnico sigiloso e de espaços compatíveis com as necessidades do/a trabalhador/a e da população. Tudo isso incorrendo no risco de não garantir aos/às usuários/às da política o direito a um atendimento ético e sigiloso e que possa dar respostas significativas às demandas existentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2085215 - JOANA VALENTE SANTANA
Externo à Instituição - KÁTIA MARIA DOS SANTOS MELO
Interno - 1876580 - REINALDO NOBRE PONTES
Notícia cadastrada em: 28/08/2019 11:05
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha2