Notícias

Banca de DEFESA: MIRIAM MACHADO MILHOMEM

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRIAM MACHADO MILHOMEM
DATA: 22/12/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Vídeo conferência
TÍTULO:

"A RELEVÂNCIA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS: UMA ANÁLISE DA REPRESENTAÇÃO SOCIAL DA REALIDADE E DESAFIOS ".


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Ambiental; Escolas Públicas; Desenvolvimento Sustentável.


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
SUBÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

         A proteção e preservação do meio ambiente são formas de se garantir a vida dos seres vivos. Mas, infelizmente, diversas agressões à natureza se intensificaram e tornaram-se mais frequentes nos últimos anos. Principalmente por causa das atitudes do homem, resultantes da falta de informação, ações de preservação e de uma Educação Ambiental eficiente. Possibilita-se a junção das ações educativas voltadas às atividades de acolhimento e melhoria ambiental para as mudanças educativas e sociais, que se inclui a Educação Ambiental no planejamento estratégico para o avanço sustentável. Justificando a relevância do assunto ambiental e a interpretação do mundo, no tempo e no espaço, aparecem às escolas, como locais favorecidos na execução destas atividades. A escola dentro da Educação Ambiental deve impressionar o aluno a buscar princípios que guiam a uma convivência agradável com o ambiente e as demais espécies que habitam o planeta, citando os princípios que tem levado à destruição inconsequente dos recursos naturais e de várias espécies. Tendo o entendimento que a natureza não é fonte infinita de recursos, suas reservas são limitadas e devem ser empregadas de maneira coerente, evitando o desperdício e considerando a reciclagem como técnica indispensável. Logo, essa problemática busca fazer uma análise sobre a relevância de se trabalhar Educação Ambiental nas escolas públicas do Brasil. O objetivo foi elaborar uma cartilha para os professores trabalharem em sala com os alunos de escolas públicas nas práticas sustentáveis. Foi utilizada uma metodologia qualitativa, com abordagem descritiva além da pesquisa bibliográfica e documental que subsidiarão a elaboração e produção da cartilha infanto-juvenil. As fontes de pesquisa foram os bancos de teses e dissertações das Universidades Federais, da CAPES, Google Acadêmico e SCIELO. Esse material foi elaborado em linguagem simples e de fácil compreensão, a fim de alcançar o maior número possível de pessoas, em espaços formais e não formais de ensino. A cartilha resultou num instrumento viável de aproximação do conhecimento acadêmico-científico com alunos (as) de escolas públicas e um meio para sensibilizá-las sobre a problemática socioambiental e a possibilidade de nela intervir por meio de ações sustentáveis e de Educação Ambiental.

 

Palavras-chave: Educação Ambiental. Escolas Públicas. Desenvolvimento Sustentável.

 

 

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2278490 - DAVI DO SOCORRO BARROS BRASIL
Externo à Instituição - JOSÉ RODRIGUES DE CARVALHO
Externo à Instituição - RENATO ARAUJO DA COSTA
Notícia cadastrada em: 17/12/2020 09:05
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - jatoba.ufpa.br.jatoba2