Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VANDERLEI FARIAS DE LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANDERLEI FARIAS DE LIMA
DATA: 01/07/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Manaus-AM
TÍTULO:

ANÁLISE DO MANEJO COMUNITÁRIO DE PIRARUCU (ARAPAIMA SPP), NA RESERVA DE DESENVOLVIMENTO SUSTETÁVEL MAMIRAUÁ - SETOR JARAUÁ-AMA


PALAVRAS-CHAVES:

Manejo comunitário. Pirarucu. Mamirauá.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

 

O pirarucu Arapaima spp. é considerado o maior peixe de escamas de água doce do mundo, medindo aproximadamente 3 metros de comprimento total e pesando mais de 200 kg. Devido à sobre-exploração, sua pesca no estado do Amazonas é oficialmente proibida pelo IBAMA durante todo o ano, com exceção das áreas de cultivo ou de manejo, como acontece na RDS Mamirauá desde 1999. A pesca do pirarucu representa a principal atividade econômica das comunidades de várzea da RDS Mamirauá. Considerando a relevância econômica, social e cultural da pesca de pirarucu para as comunidades ribeirinhas, seu manejo é essencial não somente na garantia de vida dessas populações, mas no crescimento dos seus estoques, pois apesar de ser uma espécie resistente, suas características biológicas e ecológicas como o início da maturação gonodal que só ocorre ao quarto ou quinto ano de vida com 1,60 a 1,70 metros de comprimento total e cerca de 40 a 50 kg de peso, a baixa fecundidade, a necessidade de subir à superfície entre intervalos de 5 a 15 minutos para realizar respiração aérea obrigatória e o período de proteção à prole, tornando-o presa fácil do arpão dos pescadores, além da predação natural dos alevinos por piranhas após a captura parental, fazem com que o sucesso reprodutivo da espécie seja diminuído. Dessa forma, este trabalho se propõe a realizar uma análise econômica, social e ambiental do manejo comunitário de pirarucu (Arapaima spp.) praticado na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, estado do Amazonas. O mesmo tem como base para a obtenção dos seus objetivos o estudo sobre um Setor específico da área focal da Reserva: o setor Jarauá, devido este Setor ser o primeiro a desenvolver experiência desse tipo de manejo de pesca na região e por apresentar características peculiares que possibilitam a acurácia do estudo. Os dados utilizados são provenientes de fonte secundária, coletados a partir dos relatórios anuais da pesca manejada de pirarucu realizada na RDS Mamirauá, disponíveis na Superintendência do IBAMA Amazonas, compreendidos os períodos de 1999 a 2016.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2278489 - CLAUDIO NAHUM ALVES
Interno - 2153060 - LUCIDIA FONSECA SANTIAGO
Externo à Instituição - PAOLA SOUTO CAMPOS
Notícia cadastrada em: 25/06/2017 17:01
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1