Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TAINA MARTINS MORAES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAINA MARTINS MORAES
DATA: 12/03/2024
HORA: 10:30
LOCAL: Sala 20, Prédio II, NTPC
TÍTULO:

Comportamento alimentar, autoestima, autoimagem corporal, autocrítica e assertividade, de mulheres com estado nutricional eutrófico


PALAVRAS-CHAVES:

Atitude alimentar desordenada; assertividade; imagem corporal; autoestima; autocrítica


PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O comportamento alimentar desordenado ocorre quando há emissões de comportamentos desadaptativos relacionados à alimentação, assim, é possível observar a ocorrência de restrição, compulsão e comportamentos compensatórios. Essas atitudes podem estar relacionadas a tentativas de controle de peso. Em mulheres, esses comportamentos tornam-se mais frequentes quando comparadas ao público masculino, acarretando em alterações de diversas medidas. Somado a isso, encontra-se um cenário no qual há um padrão de beleza estabelecido que se relaciona a um corpo magro. Quando esse modelo corporal não é alcançado, observa-se insatisfação quanto à imagem corporal, assim, tem-se a emissão de comportamentos autocríticos, baixa autoestima e déficits em habilidades sociais, como observado no comportamento assertivo. Todavia, pouca atenção tem sido dada para verificar como tais medidas se comportam quando correlacionadas e associadas ao estado nutricional de eutrofia (peso normal). Objetivos: verificar o comportamento alimentar de mulheres com eutrofia e sua associação com assertividade, autoestima, autocrítica e autoimagem. Objetivos específicos: a) Caracterizar o perfil socioeconômico e demográfico; b) Identificar o padrão de comportamento alimentar; c) Obter medidas de autocrítica, assertividade, autoestima e autoimagem corporal; d) Testar se há associações entre o comportamento alimentar e medidas de estado nutricional de eutrofia, autocrítica, assertividade, autoestima e autoimagem corporal. Método: Tratase de uma pesquisa transversal, descritiva e analítica, realizada em locais públicos na cidade de Belém (PA). Participarão mulheres na faixa etária de 20 a 40 anos, residentes em Belém (PA), que possuírem escolaridade de ensino médio completo ou ensino superior completo/incompleto e que apresentarem Índice de Massa Corporal (IMC) na faixa de eutrofia (18,5 a 24,9 kg/m²). As participantes irão responder um formulário que contém questões acerca de dados socioeconômicos e demográficos, peso e altura autorreferidos para a estimativa do estado nutricional, para o comportamento alimentar será utilizado a Escala de Atitudes Alimentares Transtornadas (EAAT), a assertividade será avaliada pelo Inventário de Habilidades Assertivas, para autoimagem corporal será aplicada a Escala de Silhuetas de Stunkard, a autoestima será analisada pela Escala de Autoestima de Rosenberg e a autocrítica será explorada pela Escala de Autocrítica. Para análise estatística será utilizado o software Jamovi 2.4.7.0 versão 26.0.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1152799 - CARLA CRISTINA PAIVA PARACAMPO
Interno - 2579253 - DANIELA LOPES GOMES
Interno - 1689637 - NATALIA BEZERRA DUTRA
Interno - 1870683 - PAULO RONEY KILPP GOULART
Notícia cadastrada em: 04/03/2024 12:20
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - (91)3201-7793 | Copyright © 2006-2024 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha2