Notícias

Banca de DEFESA: WEAVER BRUNO MOREIRA DE ASSUNÇÃO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WEAVER BRUNO MOREIRA DE ASSUNÇÃO
DATA: 16/05/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Vídeo Conferência
TÍTULO:

" O USO DE RECURSOS NATURAIS E OS IMPACTOS NO MEIO AMBIENTE "


PALAVRAS-CHAVES:

Impacto Ambiental; Exploração de petróleo; Planejamento Integrado de Recursos (PIR)


PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
SUBÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

A necessidade de reduzir os impactos ambientais associados ao acesso à energia e a busca pela sustentabilidade geram um diálogo global, incluindo interesses ambientais, sociais, políticos e econômicos. A pesquisa parte da premissa de que o avanço tecnológico e a abordagem científica do meio ambiente fortalecem as preocupações com as questões ambientais, confirmam, de certa forma, previsões catastróficas e muitos estudos apontando para a degradação ambiental, resultando em uma série de atividades industriais e tecnológicas. Ele traz à mente a perfuração de petróleo e seu impacto ambiental na sociedade moderna. No caso da prospecção de petróleo, existem alguns estudos que apontam para o potencial impacto ambiental dessa atividade econômica. Ou seja, esta pesquisa visa responder ao propósito declarado de análise teórica, com foco na revisão de trabalhos, ensaios e livros didáticos sobre o tema, com ênfase na informação digital. De fato, a pesquisa mostrou que mostra que o desenvolvimento econômico, pela perfuração de petróleo, deve ser pautado por uma política de sustentabilidade, integrando processos organizacionais e padrões de consumo direcionados com foco na sustentabilidade. Portanto, a exploração de petróleo deve ser considerada em relação à gestão ambiental, que contribui para o desenvolvimento sustentável. O Plano de Recursos Integrados (PIR) utilizado para o planejamento energético permite a redução dos custos totais e dos impactos ambientais e sociais. Este artigo explica que os efeitos naturais de quatro fontes de energia renováveis e não renováveis - termelétrica, hidrelétrica, eólica e solar fotovoltaica - podem ser mitigados por meio do Planejamento Integrado de Recursos. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2025599 - RICARDO JORGE AMORIM DE DEUS
Interno - 2278489 - CLAUDIO NAHUM ALVES
Interno - 1268476 - JOSE ROGERIO DE ARAUJO SILVA
Externo à Instituição - ADAELSON CAMPELO MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 13/05/2022 12:32
SIGAA | Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) - | Copyright © 2006-2022 - UFPA - castanha.ufpa.br.castanha1